Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Ventura reage a benfiquistas: "Nunca usei o Benfica para fazer campanha"

O líder do Chega tem estado debaixo de fogo desde que foi eleito deputado. Desta vez, as críticas surgiram por parte de um grupo de benfiquistas.

Ventura reage a benfiquistas: "Nunca usei o Benfica para fazer campanha"

Numa carta aberta publicada, esta sexta-feira, no jornal Expresso, um grupo de adeptos benfiquistas acusou André Ventura de “usar o Benfica para criar uma persona política”, ressalvando ainda que “é ainda mais grave porque o Chega é um partido de extrema-direita abertamente anti-sistema e xenófobo, isto é, um partido que é a negação da identidade do Benfica”.

Em reação ao Notícias ao Minuto, o deputado disse “respeitar totalmente a liberdade dos adeptos” e saudou o facto de a direção se ter demarcado de misturar política com futebol”.

E nesta senda lembrou que é, “de facto, comentador televisivo, como muitos outros políticos da nossa praça”, mas salientou uma “diferença”: “Eu já era comentador em várias áreas antes de ser político”, refutando, assim, a acusação de utilizar a instituição Sport Lisboa e Benfica como instrumento político.

“Eu nunca usei o futebol durante as campanhas que fiz, nem nunca usei o Benfica para nada que tivesse a ver com o Chega. Nem o presidente, nem outros dirigentes – que eu pudesse conhecer – estiveram alguma vez presentes na minha campanha”, asseverou, lamentando que tudo não passe de uma “tentativa de perseguição reiterada”.

“Estas pessoas, que se dizem tão amantes da liberdade e da racionalidade, estão a tentar passar um atestado de estupidez ao povo e, ao contrário do que eles pensam, os benfiquistas não são estúpidos, sabem distinguir as paixões clubísticas das partidárias”, rematou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório