Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
25º
MIN 23º MÁX 26º

Edição

PS "fala da Troika como se isso não tivesse sido provocado por ele"

Manuela Ferreira Leite analisou, esta quarta-feira, o último debate do Estado da Nação.

PS "fala da Troika como se isso não tivesse sido provocado por ele"

O dia ficou marcado pelo último debate desta legislatura do Estado da Nação e, como tal, não podia deixar de ser analisado pela ex-ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, no seu espaço de comentário semanal no Jornal da Noite da TVI.

A antiga governante começou por dizer que o debate não trouxe novidades, tal como já esperava, mas quis na mesma deixar dois apontamentos. Um sobre o Governo de António Costa e outro sobre o Bloco de Esquerda (BE) que, defende Manuela Ferreira Leite, fez o papel de oposição, esta quarta-feira, ao invés do papel que deve ser assumido por  "um partido de apoio ao Governo". 

De acordo com a antiga ministra das Finanças, o BE falou dos benefícios dados às pessoas esta legislatura "como tendo sido eles os autores e criticou tudo aquilo que se pensa que são as queixas atuais das pessoas, como se nada tivessem a ver com o assunto".

Este tipo de atitude e de discurso, para Manuela Ferreira Leite, não é correto. "É uma opção que, do ponto de vista político, torna as pessoas pouco fiáveis [.... Não é muito compatível com um grupo que está reunido e motivado para tomar decisões, como tomaram estes quatro anos, onde aprovaram todos os Orçamentos do Estado", recordou.

Já sobre o Governo de António Costa, Manuela Ferreira Leite considera ser "inaceitável" que os governantes socialistas estejam sempre a "fazer análises sobre a situação atual" do país, com base "num pressuposto, que é a herança" da Troika. Contudo, defende a social-democrata, "esse período foi proporcionado por eles".

"Muitos dos atuais membros do Governo fizeram parte desses governos e levaram o país à banca rota, por isso veio a Troika e por isso foram tomadas, durante algum tempo, medidas que tinham de ser tomadas. Falam dessa herança como se esse período não tivesse sido provocado por eles. O que é um discurso que quase nem serve para fazer a uma criança, quanto mais a pessoas adultas", criticou Manuela Ferreira Leite durante a sua intervenção, na noite desta quarta-feira, no telejornal do canal de Queluz.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório