Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Portas desafiado a avançar com "processo disciplinar"

O CDS tem em mãos um confronto entre a delegação da Madeira e a nacional por discordarem da posição de Rui Barreto, que arrisca a expulsão por pretender votar contra o Orçamento do Estado para 2014. A falta de consenso entre as duas divisões partidárias fez com que o líder centrista da Madeira, José Manuel Rodrigues, desafiasse Paulo Portas: “Ponham-me um processo disciplinar”, conta o Diário de Notícias.

Portas desafiado a avançar com "processo disciplinar"

O centrista Rui Barreto quer votar contra o Orçamento do Estado de 2014 mas a sua decisão está a causar desconforto dentro do partido. Segundo o Diário de Notícias, o CDS Madeira defende que Barreto está suspenso de militante por cinco meses (resultado de um voto contra o Orçamento do ano passado) o que faz com que deixe de ter “deveres para com o partido”.

Contudo, o CDS nacional lembra que, no papel de deputado, Barreto continua a pertencer ao grupo parlamentar centrista, o que, por regulamento, o impõe de exercer um voto negativo no Orçamento.

Em declarações ao Diário de Notícias, líder centrista da Madeira, José Manuel Rodrigues defende que Barreto apenas viola o regulamento do grupo parlamentar e não os estatutos do partido devido à suspensão ainda em vigor, desafiando, assim, Paulo Portas: “Ponham-me um processo disciplinar já que não o podem fazer de novo ao deputado Rui Barreto”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório