Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

"Serviços públicos devem ter mesma atenção que tem tido a dívida pública"

O líder parlamentar do PSD saudou hoje o anúncio de que a dívida de Portugal ao Fundo Monetário Internacional será paga na totalidade até final do ano, mas defendeu que os serviços públicos devem merecer a mesma atenção do Governo.

"Serviços públicos devem ter mesma atenção que tem tido a dívida pública"

Questionado no final do debate do Orçamento do Estado sobre este anúncio do primeiro-ministro, Fernando Negrão considerou que, "em termos de contas públicas, são passos no caminho certo", mas questionou se existe sustentabilidade para esse pagamento.

"Nós temos assistido à falta de sustentabilidade designadamente nos serviços público. Naturalmente que saudamos essa medida, mas exigimos ao Governo -- porque acho que os portugueses exigem isso -- que os serviços públicos tenham a mesma atenção que tem tido a dívida pública", afirmou o líder parlamentar do PSD.

O primeiro-ministro anunciou hoje que Portugal vai pagar até ao final do ano a totalidade da sua dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), num discurso em que salientou a importância de se reduzirem encargos para futuro.

"Com a mesma determinação com que temos governado e que me permite hoje anunciar que até ao final deste ano pagaremos a totalidade da dívida ao FMI, de 4,6 mil milhões de euros, com todo o significado que comporta mais este virar de página", declarou António Costa, na Assembleia da República, momentos antes de se proceder à votação final global do Orçamento do Estado para 2019.

Perante os deputados, o líder do executivo defendeu que este passo para o pagamento antecipado da dívida ao FMI "reforçará a credibilidade internacional" de Portugal no plano externo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório