Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

As mentiras e mitos ‘criados’ pela Wikipedia. Portugal não escapa

A enciclopédia dígital mais famosa do mundo nem sempre o informa da melhor forma. São os próprios a reconhecê-lo, ao publicarem uma lista com os maiores mitos e mentiras presentes na plataforma. Alguns deles durante mais de uma década. A Wikipédia não deixa Portugal de fora desta lista. Descubra os mitos que envolvem o nosso país e que sobreviveram online durante anos.

As mentiras e mitos ‘criados’ pela Wikipedia. Portugal não escapa
Notícias ao Minuto

16:33 - 12/02/18 por Tiago Miguel Simões 

País Wikipédia

Se há coisa que os professores muito repetem na escola é que a ‘Wikipédia não é fiável’. Bem, a verdade é que têm razão. Ainda que a enciclopédia mais famosa do mundo tenha um verdadeiro exército de editores, há mentiras que se perpetuam, algumas durante anos, ou em casos mais raros, décadas, até que alguém as detete e as elimine da plataforma.

Recorde-se que, qualquer pessoa pode publicar um artigo ou até mesmo editar um já existente, dado que é de extrema dificuldade 'policiar' os cerca de 46 de milhões de artigos disponíveis na Wikipedia.

A enciclopédia digital prima pela transparência e, por isso, publicou uma lista com as mentiras e mitos que mais tempo sobreviveram na plataforma.

Cinco delas conseguiram fintar os mais atentos e manter-se online por mais de dez anos. Foram elas, as histórias de Bine, um demónio mitológico que nunca existiu. O que também nunca exisitiu foi a Milk Studios, uma empresa sueca que teve direito a página na plataforma desde durante quase 12 anos, até ser apagada em 2016. A história sobre a invenção do refrigerante ‘Cream Soda’, que teria sido inventado por um soldado durante a guerra cívil americana é, também ela, falsa.

Alguma vez viu a série 'Sheer Perfection', da HBO? Claro que não, ela só existiu na Wikipédia, tendo-se aguentado online durante dez anos e dez meses. O nome de Jack Robichaux foi durante uma década associado ao violador de Nova Orleães, ao que parece, a história não passou de um mito.

No entanto, se estas histórias não lhe dizem muito, temos novidades para si. Portugal também faz parte do imaginário dos criadores de mitos da Wikipédia, sejam eles quem forem. Conhece bem o nosso país?

Certamente, não conhece a ‘histórica’ aldeia de Manão. Até porque esta não existe. Quem também nunca existiu foi o rei D. Jimenex, o fundador da aldeia fictícia que teve direito a uma página na enciclopédia digital por mais de quatro anos. Situada a 80 quilómetros da fronteira com Espanha, Manão seria, segundo a Wikipédia, um destino turístico bastante visitado.

Lembra-se de estudar a Batalha de Aljubarrota? E a de Alcácer-Quibir? Pois, certo é que não se recorde do ‘Conflito de Bicholim’, a história de uma batalha entre Portugal e o império Marata, datada entre 1640 e 1641, até porque esta não teve lugar nos livros de história. Isto porque nunca aconteceu.

Afinal, ao que parece, os professores têm razão. Tenha cuidado ao pesquisar nesta plataforma ou poderá acabar por confundir história com Estórias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório