Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Suspeito admite que Maëlys de Araújo esteve no seu carro

Homem continua a clamar inocência à medida que se vai confirmando que esteve com a lusodescendente na noite do seu desaparecimento.

Suspeito admite que Maëlys de Araújo esteve no seu carro
Notícias ao Minuto

10:20 - 04/09/17 por Andrea Pinto

País França

O primeiro e agora único suspeito do desaparecimento de Maëlys de Araújo admitiu que a criança esteve no seu carro, embora continue a alegar a sua inocência.

O homem de 34 anos, recorde-se, foi detido na passada quinta-feira por declarações pouco consistentes, mas libertado após a polícia ter considerado que não havia dados suficientes para manter o homem detido. Este domingo, após uma vistoria à sua viatura, foram encontrados traços de ADN da criança no Audi A3 de onde se deslocou na madrugada de domingo, 27 de agosto, dia em que desapareceu a criança.

Após a descoberta, o homem foi novamente detido, acusado formalmente, tendo-lhe sido decretada prisão preventiva. Depois de alegar a sua inocência, o suspeito admite agora que a menina de 9 anos esteve no seu carro, noticia o Le Dauphine.

"Ele declarou que a menina entrou para na parte traseira da sua viatura com um outro menino para verem se o seu cão estava dentro do porta-bagagens", disse a advogada do homem, reforçando no entanto o facto de este reiterar que está inocente.

A imprensa francesa refere que um pequeno vestígio de ADN da menina foi encontrado num botão do painel do automóvel. Na roupa do homem não terá sido encontrado qualquer vestígio de ADN de Maëlys, embora o suspeito tenha referido que se ausentou da festa durante a noite para mudar os calções que tinha sujado com vinho. Esses calções ainda não foram encontrados pelos investigadores.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório