Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Confirmada morte de segunda portuguesa em ataque de Barcelona

Vítima tinha 20 anos de idade.

Confirmada morte de segunda portuguesa em ataque de Barcelona
Notícias ao Minuto

11:01 - 19/08/17 por Pedro Filipe Pina

País Terrorismo

A jovem portuguesa que chegou a ser dada como desaparecida está entre as vítimas mortais do ataque perpetrado em Barcelona, na passada quinta-feira.

O primeiro-ministro António Costa admitiu, à margem de declarações sobre o trabalho da Proteção Civil que "já está confirmada" a morte da segunda vítima portuguesa, confirmação essa que terá sido dada pelo secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro.

Entre as vítimas mortais estava já uma portuguesa, de 74 anos, residente em Lisboa. Esta cidadã estaria na Catalunha como turista na companhia da neta, a jovem portuguesa que foi agora confirmada como uma das vítimas mortais.

Até ao momento há 14 mortos confirmados e mais de 130 feridos, incluindo 17 pessoas em estado considerado grave. Ao todo há 35 nacionalidades diferentes entre as vítimas diretas do ataque.

Após o atropelamento de várias pessoas nas Ramblas, em Barcelona, também na marginal de Cambrils houve um ataque semelhante, que terminou com os suspeitos a serem abatidos após tiroteio com a polícia.

A investigação das autoridades espanholas levou à descoberta de uma célula de pelo menos uma dúzia de pessoas que passou precipitadamente à ação após o fracasso de um primeiro plano ainda mais mortífero.

Desta célula de 12 elementos há quatro que foram detidos na quinta e na sexta-feira e um que ainda estará em fuga. A sua identidade e a fotografia já foram divulgadas: trata-se de Younès Abouyaaqoub, um marroquino de 22 anos.

Outros cinco elementos foram abatidos a tiro na madrugada de sexta-feira em Cambrils, enquanto levavam a cabo este novo ataque, já após o de Barcelona.

Três outras pessoas também envolvidas estão identificadas mas não foram detidas. Duas delas poderão ter morrido na explosão numa casa na quarta-feira em Alcanar. Era aqui que estaria a ser preparado um outro plano, mais mortífero, que, ao sair gorado, deu lugar aos atropelamentos mortais.

[Notícia atualizada às 11h15]

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório