Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

Voluntários plantam quatro mil árvores no concelho de Viseu

Uma centena e meia de voluntários vão participar numa ação de reflorestação no concelho de Viseu e que prevê a plantação de cerca de quatro mil árvores, revelou hoje a Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA).

Voluntários plantam quatro mil árvores no concelho de Viseu
Notícias ao Minuto

17:10 - 10/03/17 por Lusa

País Natureza

De acordo com o representante da ASPEA em Viseu, Jorge Loureiro, a ação de reflorestação, no âmbito do projeto "Planta Bosques", irá decorrer no dia 18 na Sernada, freguesia de Santos Evos.

"Esta é a terceira iniciativa do género que decorre no distrito de Viseu. Ao todo, teremos cerca de 13 mil árvores plantadas nos últimos três anos no distrito de Viseu", informou.

Castanheiros, sobreiros e azinheiras compõem as quatro mil árvores disponíveis para plantação pela mão de cerca de 100 voluntários portugueses e 50 espanhóis.

"Pelo menos uma vez por ano os nossos parceiros espanhóis [Asociación para la Defensa de la Naturaleza y los Recursos de Extremadura] fazem uma ação connosco em Portugal, comparecendo com cerca de 50 voluntários e com as árvores para plantar. A nós compete-nos arranjar o parceiro local que receba as árvores, pois fazemos a reflorestação em zona pública", esclareceu.

O responsável da ASPEA em Viseu revelou ainda que terá lugar no final de maio ou início de junho uma ação de limpeza e manutenção na zona de Santiago Besteiros, no Caramulo, onde foram plantadas cerca de nove mil árvores em 2015 e 2016.

O projeto Planta Bosques conta com cerca de 14 anos de atividade e muitas ações realizadas entre Espanha e Portugal.

Entre 2004 e 2016, o Planta Bosques contou com mais de 11 mil voluntários que plantaram mais de 295 mil árvores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório