Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Freguesia em Guimarães cria Brigada Verde para detetar poluição

A freguesia de Ponte, em Guimarães, criou uma Brigada Verde para limpar as margens do rio Ave e detetar focos de poluição, que inclui uma "vertente pedagógica" de plantação de flores e pretende envolver toda a comunidade.

Freguesia em Guimarães cria Brigada Verde para detetar poluição

A Brigada Verde reúne voluntários de "todas as idades" e de "várias entidades", desde escolas, escuteiros, empresas, Associação Portuguesa do Ambiente e Instituto de Formação Profissional, disse à Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Ponte, Sérgio Rocha.

A iniciativa foi apresentada hoje, no âmbito do programa municipal 'Guimarães mais Verde', desenvolvido ao abrigo da candidatura da cidade a Capital Verde Europeia 2020 e que pretende "abranger todas as freguesias do concelho", referiu.

Segundo Sérgio Rocha, este é um projeto "muito importante" para a vila nomeadamente pela "forte ligação" da freguesia ao rio Ave.

"Ponte é a única freguesia que tem território em ambas as margens do Ave e a que tem mais extensão de margem do rio. Com este projeto queremos manter limpas essas terras", explicou.

A missão da Brigada Verde, explicou o autarca, "passa por identificar focos de poluição e comunicar à junta, que por sua vez comunicará à Câmara Municipal de Guimarães para esta dar conhecimento às entidades competentes".

Além daquela função, "os voluntários vão limpar terrenos e caminhos, também com vista à prevenção dos incêndios" e participar em "ações de sensibilização para separação de lixos", entre outras atividades.

"Dentro deste projeto desenvolvemos ainda uma outra vertente, mais material, que designamos de 'Criar'. Ou seja, num terreno, que já temos, vamos plantar flores e plantas para mais tarde espalhá-las pela vila de forma a embelezar Ponte", disse.

A esta segunda vertente, está ainda associado um "lado pedagógico" que envolve os alunos do agrupamento escolar da vila, já que "são os alunos que vão plantar as flores e plantas e, mais tarde, transferi-las para os canteiros e jardins da freguesia", disse.

Este é um projeto que quer "envolver toda" a freguesia.

"Logo na primeira ação reunimos 80 voluntários. O objetivo é chegar aos oito mil - número de habitantes da freguesia de Ponte", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório