Meteorologia

  • 29 MARçO 2020
Tempo
18º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Brigada do Mar quer limpar 45 quilómetros de praia em 15 dias

Os voluntários da Brigada do Mar já retiraram das praias portuguesas todo o tipo de objetos. Alguns perigosos, outros apenas curiosos, como uma baleia anã ou o que muitos pensavam ser um OVNI.

Dizem que será “provavelmente a maior limpeza de praia do mundo”. Até já tentaram concorrer a um recorde do Guinness, mas a organização contabiliza o número de pessoas envolvidas e não o número de quilómetros limpos. Se assim fosse, talvez esta acabasse por ser mesmo a maior limpeza de praia do mundo.

Entre 11 e 25 de maio, a Brigada do Mar vai limpar os dos 45km da Frente Atlântica do Concelho de Grândola, entre as praias de Melides e Troia.

Para fazer uma verdadeira “descontaminação” desta zona de praia são esperados pelo menos 150 voluntários, contou ao Notícias ao Minuto uma das representantes da organização, Ana Rita Seirôco. As inscrições ainda estão abertas. 

Depois da limpeza, grande parte do lixo será reciclado mas também será feita, em Grândola, uma exposição com os materiais encontrados para “consciencializar” a população para o problema. Ao contrário do que muitos pensam, nem só o lixo deixado pelos veraneantes vai parar à praia.

Todos os anos, a Brigada do Mar retira das praias portuguesas em média mais de 20 toneladas de lixo. Embalagens de plásticas vindas de vários países, milhares de cotonetes e artefactos de pesca estão entre os objetos encontrados, mas também medicamentos, seringas, botijas de gás cheias e até bombas.

Materiais que constituem um perigo para a saúde pública, alerta Ana Rita Seirôco. “As câmaras municipais fazem o que podem com os meios que têm”, mas não é suficiente e toda a ajuda é bem-vinda.

O objeto mais estranho encontrado pela Brigada do Mar, conta, foi uma grande esfera metálica com cerca de dez metros de diâmetro e 1,70 metros de altura, de cor amarela, que em 2010 deu à costa na praia do Pinheirinho, no concelho de Grândola.

Muitos chamaram-lhe OVNI mas o estranho objeto era afinal uma peça de monitorização de marés, que se terá desprendido de um sistema de aproveitamento de energia de Nova Jérsia, nos Estados Unidos.

No ano passado, os voluntários que limpavam a praia da Galé, em Melides, encontraram uma baleia anã com cerca de três metros e meio.

Ao longo de oito anos, a Brigada do Mar já retirou das praias cerca de 200 toneladas de detritos e limpou mais de 300 quilómetros lineares de costa durante mais de 150 dias.

Este ano a iniciativa conta com o patrocínio da Presidência da República.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório