Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2022
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Vigiava namorada há dias até que a tentou matar

O tiroteio em Pinhão, Alijó, resultou ontem numa pessoa morta e outra ferida.

Vigiava namorada há dias até que a tentou matar

O homem que, esta quarta-feira, alvejou a ex-namorada a tiro e matou a prima desta, em Alijó, andava há vários dias a vigiar a jovem de 21 anos, com quem tinha terminado o relacionamento.

Ao que o Público indica, Manuel Monteiro, de 38 anos, não terá aceitado a decisão da companheira, que o expulsou de casa no domingo, quando em que já revelava comportamentos violentos.

Terá sido esse o motivo do término. No dia anterior, a jovem tinha sido agredida pelo companheiro. A prima tê-la-á apoiado a pôr fim à relação, o que motivou a vingança.

O plano foi posto em prática às 7h da manhã de ontem, na pastelaria onde ambas trabalhavam. Manuel Monteiro começou por disparar sobre a prima da ‘ex’, com quem também partilhava o apartamento. Assim que esta abriu a porta, agalhou-lhe a cabeça e disparou dois tiros.

De seguida, tentou atingir a antiga companheira, que tentava fugir. Foi, ainda assim, alvejada na cabeça, com um tiro que lhe atravessou o crânio mas que não foi fatal.

Após ser transferida para o Hospital de Santo António, no Porto, ficou em coma induzido e com prognóstico reservado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório