Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 28º

"Olá mãe, olá pai". PJ desmantela rede criminosa e detém (mais) 5 pessoas

Cabecilha já tinha sido detido em maio.

"Olá mãe, olá pai". PJ desmantela rede criminosa e detém (mais) 5 pessoas
Notícias ao Minuto

10:55 - 10/07/24 por Natacha Nunes Costa

País Burla

A Polícia Judiciária (PJ) desmatelou a rede criminosa responsável pela burla "Olá mãe, olá pai", praticada através da rede social WhatsApp, que lesou "largas centenas" de pessoas por todo o país.

Na terça-feira, os inspetores realizaram cinco buscas não domiciliárias, visando um conjunto de lojas em área comercial do centro de Lisboa e duas na Margem Sul, que resultaram no desmantelamento da estrutura criminosa em questão, cujo cabecilha já tinha sido detido no passado mês de maio e se encontra já em prisão preventiva.

Só ontem foram detidas mais cinco pessoas e constituídas arguidas duas pessoas coletivas.

Recorda a PJ, num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, esta quarta-feira, que a presente investigação do Departamento de Investigação Criminal de Leiria desta autoridade, iniciou-se em agosto de 2023.

Cartões eram afetos a uma única operadora nacional

Ao longo da investigação, os inspetores perceberam que os números SIM utilizados não se repetiam e que utilizavam, preferencialmente, números afetos a uma única operadora nacional.

No passado mês de maio, a investigação permitiu identificar e localizar possível o "ponto de difusão das mensagens", sendo que as buscas e apreensões, realizadas na altura, fundamentaram a detenção do alegado cabecilha da rede.

Rede usou mais de 50 mil cartões em burla

O detido atuava com sete modems, VOIP GATEWAY, cada um com 32 portas, operando em simultâneo 224 cartões SIM. Entre maio e novembro de 2023, foram operados nestes sete modems cerca de 43 mil cartões.

À data, foram ainda apreendidos cerca de 8.500 cartões SIM ao suspeito, 1.500 já utilizados e 7 mil por utilizar, o que revela, como realça a PJ, "a grandeza do esquema criminoso e as potencialidades de propagação de mensagens, que vitimaram largas centenas de cidadãos em todo o país".

Já durante a operação realizada ontem, intitulada Cartões sem Rasto, foram apreendidos 1.300 cartões SIM de oferta.

Cartões eram oferecidos em festivais e museus

Revela ainda a PJ que todos os que colaboraram no processo de facilitação das cerca de 50 dezenas de milhares de cartões SIM - "ofertados por uma operadora em festivais de música e em museus, que permitia a sua utilização gratuita por 15 dias e, dessa forma, abrir contas WhatsApp e expedir mensagens de forma massiva" -, foram identificados.

A rede, constituída por vários cidadãos estrangeiros, angariava esses cartões oferta em diferentes áreas da Grande Lisboa, vendendo-os depois, para utilização pela estrutura criminosa, agora desmantelada.

A presente investigação, que atacou o fenómeno 'Olá Pai, Olá Mãe', com um arguido em prisão preventiva, à qual foram apensados 35 outros inquéritos, encontra-se em fase final, perspetivando-se para breve a remessa ao DIAP de Leiria para despacho final.

Leia Também: Casal de burlões detido em Leiria por esquema 'Olá Pai/Olá Mãe'

Recomendados para si

;
Campo obrigatório