Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
29º
MIN 19º MÁX 32º

Prisão preventiva para suspeito de tráfico de droga na Ribeira Grande

Um homem ficou em prisão preventiva por ser suspeito de tráfico, na Ribeira Grande, nos Açores, numa operação onde foram aprendidas cerca de 300 doses de droga sintética, revelou hoje a Polícia de Segurança Pública (PSP).

Prisão preventiva para suspeito de tráfico de droga na Ribeira Grande
Notícias ao Minuto

11:36 - 22/06/24 por Lusa

País Açores

Segundo o Comando Regional da PSP nos Açores, além da detenção, "em flagrante delito", do suspeito de 45 anos, pela presumível prática do crime de tráfico de droga, a operação policial permitiu proceder "a uma das mais significativas apreensões de produto estupefaciente de origem sintética durante o ano de 2024 na costa norte da ilha de São Miguel".

A polícia explica, em comunicado de imprensa, que "a detenção ocorreu na sequência de uma investigação liderada pelo Ministério Público da Ribeira Grande, no âmbito da qual foram sucessivamente recolhidos vários elementos de prova" que, juntamente com "um acervo informacional devidamente consolidado, apontavam para a existência de venda direta de droga sintética por parte do detido".

Durante a operação policial foram realizadas "duas buscas domiciliárias e outra não domiciliária", que permitiram localizar e apreender "cerca de 300 doses de droga sintética, mais de 1.500 euros em numerário, entre outros objetos habitualmente associados à prática da atividade de traficância", de acordo com a fonte policial.

O Comando Regional dos Açores da PSP sublinha "a tremenda importância dos resultados obtidos" no decurso de mais uma operação policial direcionada para o combate ao tráfico de estupefacientes realizada no concelho da Ribeira Grande, "não só por ter permitido cessar a atividade criminosa por parte do arguido", mas também porque permitiu realizar "uma das mais significativas apreensões de produto estupefaciente de origem sintética" este ano na costa norte de São Miguel.

Após presente a interrogatório judicial, o detido ficou com "a medida de coação mais gravosa -- a prisão preventiva", adianta ainda a polícia.

Leia Também: Detido por tráfico de droga tinha barras 'Mars' que, afinal, eram canábis

Recomendados para si

;
Campo obrigatório