Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 25º

Quatro pessoas e 2 empresas falsificam 48 certificados de curso de TVDE

Tudo começou no final de 2018, quando a mulher acusada "congeminou um plano que passava por emitir certificados de formação do curso, forjando a assinatura dos formadores".

Quatro pessoas e 2 empresas falsificam 48 certificados de curso de TVDE
Notícias ao Minuto

20:31 - 12/06/24 por Notícias ao Minuto

País TVDE

Quatro pessoas e duas empresas de Sintra e de Loulé foram acusadas de terem falsificado 48 certificados de conclusão de um curso para motorista TVDE que não foi ministrado.

A acusação foi proferida a 28 de maio deste ano, pendendo sobre duas sociedades comerciais, uma mulher de 51 anos e ainda três homens de 63, 40 e 38 anos, segundo detalhou o Ministério Público de Faro.

“A sociedade comercial com sede em Loulé tinha por objeto comercial ministrar um curso específico para motorista TVDE (Transporte Remunerado de passageiros em Veículo Descaraterizado), o qual permitia aos candidatos a obtenção de um Certificado Individual que os habilitava junto do IMT Instituto da Mobilidade e dos Transportes, ao exercício dessa profissão”, explicou a nota da entidade.

Tudo começou no final de 2018, quando a mulher “congeminou um plano que passava por emitir certificados de formação do curso, forjando a assinatura dos formadores” e “embolsando o dinheiro correspondente aos respetivos honorários”.

Depois, a arguida, que representava a empresa de Loulé, propôs aos homens de 60 e 38 anos, que eram os representantes legais da empresa de Sintra, e ao indivíduo de 40 anos “que lhe angariassem clientes para o curso mediante o pagamento de uma percentagem sobre o preço deste”.

No total, foram falsificados 48 certificados de conclusão do curso de motoristas de TVDE, que não foi ministrado.

A investigação esteve a cargo da Diretoria do Sul da Polícia Judiciária.

Leia Também: Parlamento dos Açores chumba mudanças no regime que regula os TVDE

Recomendados para si

;
Campo obrigatório