Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 26º

Plataforma da PSP e GNR com nova proposta sobre suplemento de missão

A plataforma dos sindicatos da PSP e associações da GNR divulgou hoje que vai enviar uma contraproposta ao Governo sobre o incremento do suplemento de missão, para ser discutida na reunião agendada para 03 de junho.

Plataforma da PSP e GNR com nova proposta sobre suplemento de missão
Notícias ao Minuto

06:29 - 28/05/24 por Lusa

País Polícias

Em reunião, que decorreu na segunda-feira à noite, esta plataforma decidiu continuar no processo negocial com o Governo, considerando ser "o caminho responsável, construtivo e sério, de quem augura efetivamente uma melhoria no suplemento de condição policial e dignificação".

"Deliberou ainda a plataforma, apresentar uma contraproposta à última proposta do Governo, relembrando que a mesma contempla a manutenção dos 20% do vencimento base de cada titular e o acréscimo de 180 euros na componente risco aos já existentes 100 euros, num total de 280 euros para todos", destacou esta organização, em comunicado.

A plataforma referiu que pretende continuar a defender a sua proposta inicial "demonstrando abertura para atingir esse objetivo, por via do incremento, neste momento, de mais 120 euros à última proposta do governo, com novo incremento de 300 euros em 2025".

Os sindicatos da PSP e associações da GNR manifestaram também "disponibilidade para outras possibilidades, as quais poderão ser implementadas com criatividade e vontade, desde que com o objetivo de o conseguir e efetivar".

O comunicado realça que os recurso aos protestos não estão colocados de parte, garantindo que "tudo irá investir neste propósito negocial".

O Governo apresentou na última quinta-feira uma nova proposta aos sindicatos da PSP, que passa por alterar o suplemento que já existe na vertente fixa de 100 para cerca de 280 euros, ou seja, um aumento de 180 euros, mantendo a vertente variável de 20% do ordenado base.

Atualmente o suplemento por serviço e risco nas forças de segurança inclui uma componente fixa de 100 euros e uma variável de 20% do salário base. Para dia 03 está marcada uma nova reunião entre o Ministério da Administração Interna e os sindicatos e associações de PSP e GNR.

Leia Também: GNR fiscalizou 1,9 milhões de pessoas nas fronteiras marítimas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório