Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 26º

Evacuação da estação do metro de Alvalade em Lisboa já foi concluída

A operação de evacuação da estação de Alvalade do Metropolitano de Lisboa (ML), onde houve um pequeno descarrilamento, está concluída e os cerca de 500 passageiros fora do local, tendo sido assistidas duas pessoas, segundo fonte dos bombeiros.

Evacuação da estação do metro de Alvalade em Lisboa já foi concluída
Notícias ao Minuto

11:24 - 24/05/24 por Lusa

País Metro de Lisboa

Em declarações aos jornalistas no local, José Marques, comandante das operações do Regimento Sapadores Bombeiros, adiantou, cerca das 10:00, que a operação de evacuação da estação estava concluída e todos os passageiros no exterior.

"A primeira composição, do maquinista, descarrilou e originou apenas duas pessoas [indispostas], entre os passageiros, que foram assistidas no local", disse José Marques, adiantando que revelavam "estado de ansiedade um pouco mais elevado", não tendo havido necessidade de irem ao hospital.

De acordo com o responsável, à chegada dos bombeiros ao local "o processo de retirada dos passageiros já estava a decorrer", referindo que o mesmo decorreu "de forma calma e tranquila".

"Foi um processo algo demorado, de mais ou menos uma hora", disse, adiantando que se tratava "de um valor aproximado de 500 pessoas" que tiveram de sair, num processo acompanhado pelas equipas do ML, da PSP e do Regimento Sapadores Bombeiros.

Um pequeno descarrilamento de uma composição de um comboio na Linha Verde do ML na estação de Alvalade hoje de manhã não causou feridos, segundo a PSP e os bombeiros.

A linha Amarela do Metro de Lisboa já está a funcionar normalmente, desde as 10:02, depois de ter sido cortada devido a um problema de sinalização, disse à Lusa a porta-voz da empresa, situação que não esteve relacionada com o sucedido na linha Verde.

Entretanto, o Metropolitano de Lisboa já abriu um inquérito para averiguar as circunstâncias em que ocorreu o incidente.

"O Metropolitano de Lisboa abriu já um inquérito para averiguar as circunstâncias em que ocorreu esta situação e, sempre que se justifique, divulgará novas informações através dos seus canais de comunicação", indicou a empresa num comunicado.

A linha Verde - entre Telheiras e o Cais do Sodré - continua interrompida.

Leia Também: Metro abre inquérito a descarrilamento. Circulação retomada "por troços"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório