Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 12º MÁX 23º

Consulado em Lisboa será o primeiro a emitir novo passaporte do Brasil

O consulado do Brasil em Lisboa vai ser o primeiro posto no estrangeiro a emitir o novo passaporte brasileiro, lançado no país em setembro de 2023, anunciou hoje o cônsul-geral.

Consulado em Lisboa será o primeiro a emitir novo passaporte do Brasil
Notícias ao Minuto

19:37 - 22/04/24 por Lusa

País Brasil

Numa conferência de imprensa, no consulado-geral em Lisboa, para a apresentação aos jornalistas da nova caderneta de passaporte brasileira, o embaixador Wladimir Valler Filho admitiu que, em maio, o consulado estará preparado para emitir o novo documento em grande escala.

Se tudo correr bem, segue-se ao consulado de Lisboa, a emissão nos consulados do Brasil no Porto e em Faro, disse.

"Aqui é o primeiro posto que emitirá a nova caderneta do passaporte", afirmou o responsável diplomático brasileiro em declarações aos jornalistas.

Na opinião do embaixador Wladimir Valler Filho, a escolha do consulado de Lisboa para ser pioneiro na emissão do novo passaporte tem a ver com a dimensão desta representação e com a sua experiência em termos de quantidade de trabalho.

"Por sermos um posto grande e com muita experiência de trabalho, em razão da quantidade de atendimentos que temos, é um posto sempre de referência para início de certas práticas e inovações, porque, assim, também podemos dar um panorama imediato e responder rapidamente", salientou o diplomata.

Segundo o cônsul-geral, o consulado já entrou em fase de testes, "junto com o Itmaraty, em Brasília, porque o novo passaporte conta com tecnologias modernas de segurança", e, terminada esta fase, começará a emitir o documento "em grande escala", admitindo que isso vai acontecer ainda durante o mês de maio.

O cônsul alertou que o novo passaporte se destina apenas aos que precisam de renovar aquele documento, porque o prazo do antigo expirou, pelo que quem tem o passaporte em dia não precisa de fazer novo documento.

Quanto aos preços de emissão, mantêm-se os 132 euros para um adulto, sem alteração, garantiu o embaixador.

O novo documento tem a validade de dez anos e segundo Wladimir Valler Filho oferece maior segurança e dificulta qualquer tentativa de falsificação.

Desde outubro de 2023 que os brasileiros começaram a receber o novo modelo de passaporte.

No novo documento, o brasão é mais pequeno do que o do passaporte de 2019 e as páginas têm figuras que representam a flora, a fauna e a cultura de todas as regiões do país, mas também os nomes dos biomas brasileiros: Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Amazónia, Pantanal e Pampas.

Além disso, a foto do detentor do passaporte aparece em três versões, uma delas formada por letras e números dos dados biométricos da pessoa. O passaporte vai ter também o número do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas). As informações são protegidas por um laminado de segurança holográfico.

Segundo declarações da Polícia Federal, na altura do lançamento do documento no Brasil, este é mais seguro contra fraudes.

Na conferência de imprensa de hoje, o cônsul-geral em Lisboa anunciou também a entrada em funcionamento de um novo sistema de segurança naquele posto consular, que mostrou aos jornalistas.

"Na porta de entrada haverá um pórtico eletrónico e aquela esteira de controlo", afirmou.

Assim, antes de entrarem nos serviços do consulado, os utentes vão passar pelo apelidado "raio-x".

Leia Também: Brasil. Homem detido 2 anos depois de fugir algemado de sede da polícia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório