Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

Marcelo e Nyusi em fórum de negócios entre Portugal e Moçambique

Os presidentes de Portugal e Moçambique participam, na quarta-feira em Lisboa, num Fórum de Negócios entre os dois países que traz cerca de 80 empresários moçambicanos ao Porto, a Sines e à capital portuguesa.

Marcelo e Nyusi em fórum de negócios entre Portugal e Moçambique
Notícias ao Minuto

09:11 - 21/04/24 por Lusa

País Marcelo Rebelo de Sousa

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) preparou a missão empresarial "com o objetivo de gerar novas oportunidades para parcerias, representação de marcas em setores como petróleo e gás, agroindústria, transportes e logística, finanças e serviços, energias renováveis, hotelaria e turismo", que vai decorrer de 22 a 24 de abril, lê-se no programa da visita da delegação.

A iniciativa culmina com o Fórum de Negócios Moçambique-Portugal a ter lugar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, na tarde de dia 24, e conta com a presença do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, e do seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, na sessão de abertura.

Nos dias anteriores os empresários moçambicanos terão oportunidade de visitar empresas e reunir com empresários portugueses, no Porto, na segunda-feira, e com uma visita ao porto de Sines, na terça-feira.

O Presidente de Moçambique vai ainda participar numa cerimónia de comemoração dos 50 anos do 25 de Abril, em Lisboa.

Durante a missão empresarial acessões decorrerão num formato de mesas redondas setoriais e focadas com a participação de membros dos governos de Moçambique e de Portugal, segundo a organização.

Em declarações à Lusa na semana passada, antecipando a visita, a vice-presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) disse que o objetivo é "explorar as oportunidades oferecidas às empresas portuguesas para se internacionalizarem, como forma de aumentar e diversificar o investimento português em Moçambique".

A missão vai mostrar que Moçambique está "num estágio diferente e continua cá, de portas abertas", declarou Maria Assunção Abdula.

Está prevista a assinatura de dois acordos entre a Bolsa de Valores de Moçambique e a Bolsa de Valores de Portugal, e entre a CTA e a Confederação Empresarial da CPLP e a AIP, e será também proposta uma "Comissão de Trabalho conjunto, Governo e o setor privado dos dois países, coordenada pela Agência para a Promoção de Investimentos e Exportações APIEX, para concretizar todas as intenções de negócio que serão reveladas durante a missão", disse Maria Assunção Abdula.

Mobilizar novos investimentos portugueses para Moçambique, conhecer as soluções financeiras disponíveis no mercado português para a realização de negócio e estabelecer parcerias, conhecer as tecnologias nas indústrias de petróleo e gás, energias renováveis, agroindústria, transporte e logística, estão entre os objetivos, assim como representar marcas e promover as trocas comerciais entre os dois países.

Leia Também: Montenegro quer mais investimento português em Cabo Verde

Recomendados para si

;
Campo obrigatório