Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 25º

Incendeia propriedade de vizinhos e familiares em Santo Tirso e ameaça-os

O homem foi fortemente indiciado pela prática dos crimes de incêndio urbano, detenção de arma proibida, homicídio na forma tentada, dano e coação na forma tentada, terá cometido os crimes "num quadro de consumo de álcool".

Incendeia propriedade de vizinhos e familiares em Santo Tirso e ameaça-os
Notícias ao Minuto

17:19 - 16/04/24 por Notícias ao Minuto

País Santo Tirso

Um homem de 33 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, depois de ter incendiado a propriedade de vizinhos e de familiares, que também ameaçou de morte, em Santo Tirso.

O homem, que foi fortemente indiciado pela prática dos crimes de incêndio urbano, detenção de arma proibida, homicídio na forma tentada, dano e coação na forma tentada, terá cometido os crimes "num quadro de consumo de álcool", segundo detalhou a PJ, em comunicado enviado às redações.

"De acordo com os indícios recolhidos pela Diretoria do Norte da PJ, o homem terá provocado um incêndio na residência de um familiar, no início do mês de janeiro, criando perigo para a vida e bens patrimoniais de valor elevado, não tendo o mesmo ganho proporção por ter sido extinto na sua fase inicial", adiantou a nota.

Nesse mês, o homem terá também "incendiado um anexo a uma residência de um vizinho e, no decurso de uma discussão com um outro vizinho, terá agredido o mesmo com uma forquilha, provocando-lhe ferimentos nos membros inferiores".

Já em fevereiro, e "por motivo fútil", o agressor "destruiu vitrines de um posto de abastecimento de combustível, nas imediações da sua área de residência".

De acordo com a PJ, o homem terá ainda feito "várias ameaças de morte a familiares e a vizinhos, umas vezes com recurso a arma branca, outras vezes com uma foice ou com um machado, tendo mesmo tentado agredir as vítimas com estes instrumentos".

O detido, que tem historial de doença psiquiátrica e antecedentes criminais por incêndio florestal, será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Leia Também: Detido após assaltar condutora e usar cartões roubados. Há mais suspeitos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório