Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 22º

"Buscas de rotina" vão continuar pelo desaparecido no Cais do Sodré

As operações para encontrar o jovem desaparecido no sábado no Tejo, na zona do Cais do Sodré, em Lisboa, vão prosseguir como "buscas de rotina" nos próximos dias, envolvendo meios da Autoridade Marítima Nacional (AMN), informou hoje fonte oficial.

"Buscas de rotina" vão continuar pelo desaparecido no Cais do Sodré
Notícias ao Minuto

20:49 - 15/04/24 por Lusa

País Cais do Sodré

"Neste momento, as buscas pelo jovem que desapareceu no fim de semana no Cais do Sodré são buscas de rotina", ou seja, "embarcações da Polícia Marítima e do Instituto de Socorros a Náufragos fazem patrulhas diárias, de diversas missões, e são esses meios que estão a fazer as buscas desse jovem", afirmou à Lusa o porta-voz da AMN, José Sousa Luís.

O também porta-voz da Marinha acrescentou que os meios da AMN fazem "diversas navegações no Mar da Palha" e têm "especial atenção para ver se é encontrado o corpo da pessoa" desaparecida.

"Nunca encerramos as buscas", assegurou José Sousa Luís, apesar das dificuldades para encontrar o corpo do jovem numa zona com muita densidade de navegação, como é o Rio Tejo.

O jovem caiu no sábado à água na zona do Cais do Sodré, disse à Lusa fonte da Polícia Marítima, referindo que o alerta para a ocorrência foi dado pelas 11:40.

Segundo a mesma fonte, um amigo do jovem "lançou-se à água para o tentar salvar e, depois, houve uma terceira pessoa que se lançou à água também para salvar esse amigo".

A fonte disse que o jovem desaparecido é de nacionalidade cabo-verdiana e nascido em 1998, indicando que o amigo teve de ser socorrido e transportado para o hospital porque estava "abalado emocionalmente e poderá ter alguma água nos pulmões".

Não houve necessidade de assistir a terceira pessoa envolvida, acrescentou.

Uma equipa do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB) de Lisboa realizou operações de mergulho, mas as condições não eram as ideais porque a corrente era muito forte, apontou a Polícia Marítima.

As buscas pelo jovem desaparecido continuaram com bombeiros do RSB, elementos do Instituto de Socorros a Náufragos e da Polícia Marítima.

Leia Também: Interrompidas buscas por jovem cabo-verdiano desaparecido no Tejo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório