Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 25º

Governo português condena ataque iraniano e apela à contenção

O primeiro-ministro português condenou hoje o ataque em curso do Irão a Israel, apelando à contenção nas hostilidades para "evitar uma escalada de violência".

Governo português condena ataque iraniano e apela à contenção
Notícias ao Minuto

00:28 - 14/04/24 por Lusa

País Israel

Numa mensagem divulgada no seu perfil na rede social X, Luís Montenegro afirmou que "o Governo português condena veementemente o ataque do Irão a Israel".

O executivo liderado pelo social-democrata "apela à contenção, em ordem a evitar uma escalada de violência".

O Irão lançou hoje um ataque com drones contra Israel "a partir do seu território", confirmou o porta-voz do exército israelita num discurso transmitido pela televisão.

"O Irão lançou drones a partir do seu território em direção a Israel", disse Daniel Hagari pouco depois das 23h00 (20h00 GMT).

Numa mensagem na rede X, a missão iraniana junto da ONU alegou que "de acordo com o artigo 51.º da Carta das Nações Unidas sobre a legítima defesa, a ação militar do Irão foi uma resposta à agressão do regime sionista" contra as instalações diplomáticas iranianas em Damasco.

"O caso pode ser considerado encerrado. No entanto, se o regime israelita voltar a cometer um erro, a resposta do Irão será consideravelmente mais severa", advertiu a representação diplomática iraniana junto das Nações Unidas.

As tensões entre os dois países subiram nas últimas semanas, depois do bombardeamento do consulado iraniano em Damasco, a 01 de abril, no qual morreram sete membros da Guarda Revolucionária e seis cidadãos sírios.

Leia Também: AO MINUTO: Gabinete de Guerra reunido; Drones lançados do Iraque e Irão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório