Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 29º

Corpo encontrado em Vigo "não parece coincidir" com grávida da Murtosa

A autópsia ao cadáver encontrado dentro de uma mala em Vigo deu conta que sofreu uma facada fatal no coração. A vítima aparentava ter cerca de 50 anos e ser de baixa estatura.

Corpo encontrado em Vigo "não parece coincidir" com grávida da Murtosa
Notícias ao Minuto

14:49 - 25/02/24 por Notícias ao Minuto

País Espanha

A mulher encontrada morta dentro de uma mala em Vigo, Espanha, foi vítima de uma facada fatal no coração, determinou a autópsia, cujos resultados foram conhecidos este domingo. A vítima aparentava ter cerca de 50 anos e ser de baixa estatura.

Este caso relembrou o da grávida da Murtosa devido à proximidade territorial (cerca de duas horas e meia), mas a imprensa espanhola diz que o corpo "não parece coincidir" com as características de Mónica Silva.

O caso está a chocar Espanha e já há mais detalhes sobre o homicídio desta mulher, cujo corpo foi encontrado, na passada quinta-feira, no interior de uma mala numa propriedade abandonada, avança o jornal Faro de Vigo.

Segundo o mesmo jornal espanhol, a autópsia preliminar do corpo confirmou a morte por homicídio, embora ainda não fosse possível esclarecer a identidade da vítima.

No entanto, um estudo efetuado ao corpo determinou que a vítima terá cerca de 50 anos, embora existam outros pormenores que sugerem que poderia ser mais jovem. Era de estatura muito baixa, o que permitiu colocá-la inteira - e não desmembrada - no interior da mala.

Além disso, ficou claro que a morte terá ocorrido num período entre seis a oito meses.

Nesta sequência, foram enviadas amostras de ossos para a Unidade de Antropologia Forense de Verín, assim como falanges e outros restos mortais para ajudar a identificar o corpo.

O seu avançado estado de decomposição não permitiu aos peritos forenses determinar se a mulher tentou resistir, podendo existir indícios de luta entre a vítima e o agressor.

Por agora, o Tribunal de Instrução de Vigo continua a aguardar a identificação da vítima para solicitar novas provas.

Desde a descoberta do corpo, não foi apresentada qualquer queixa por desaparecimento. A Polícia Nacional de Vigo tem pelo menos dois processos abertos relacionados com o desaparecimento de duas mulheres mas, em ambos os casos, as datas do desaparecimento e da morte não coincidem.

O Faro de Vigo adianta também que uma mulher de 33 anos está desaparecida desde agosto em Portugal, referindo-se à grávida da Murtosa, cujo paradeiro é desconhecido. No entanto, as características desta mulher "não parecem coincidir a priori" com as de Mónica Silva.

Leia Também: Corpo de mulher encontrado em decomposição dentro de mala em Vigo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório