Meteorologia

  • 12 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 27º

"Deixaram prejuízo". Assaltos a igrejas em Águeda geram "alarme social"

Os assaltos ocorreram na igreja da paróquia de Ois da Ribeira e na de Paradela, na paróquia de Espinhel.

"Deixaram prejuízo". Assaltos a igrejas em Águeda geram "alarme social"
Notícias ao Minuto

11:15 - 25/02/24 por Lusa

País GNR

Duas igrejas do concelho de Águeda, no distrito de Aveiro, foram assaltadas na noite de sexta-feira para sábado, situação "já em investigação" que está a motivar "algum alarme social na zona", disseram hoje à Lusa várias fontes.

Os assaltos ocorreram na igreja da paróquia de Ois da Ribeira e na de Paradela, na paróquia de Espinhel, conforme descreve o pároco Júlio Grangeia numa publicação no Facebook.

Contactada pela Lusa, fonte da GNR de Águeda confirmou as ocorrências e avançou que está marcada para segunda-feira uma reunião para "aprofundar a investigação".

"Estivemos no local na noite de sexta-feira para sábado e agora vamos aprofundar a investigação, inclusivamente com uma reunião com o presidente da Junta de Freguesia de Travassô porque estas ocorrências, e outras eventualmente não denunciadas, estão a gerar algum alarme social", disse à Lusa fonte da GNR de Águeda.

A reunião servirá, acrescentou, para "traçar o perfil de eventuais suspeitos e elencar eventuais outros assaltos na zona não denunciados".

O valor do material furtado e dos danos nas igrejas estão a ser apurados.

Contactado pela Lusa, o pároco Júlio Grangeia relatou estragos nas portas principais, fechaduras e no interior das sacristias.

"Levaram pouca coisa, umas moedas velhas inclusivamente, mas deixaram prejuízo. O maior problema é que isto está a repetir-se como me contaram os senhores da GNR quando cá estiveram. Isto é algo que naturalmente, me preocupa", disse Júlio Grangeia.

Na publicação na rede social, o pároco descreveu que as portas da igreja de Ois da Ribeira foram arrombadas e revolvidas todas as gavetas.

"Foi uma noite de muitos assaltos segundo a GNR. Os gatunos arrombaram portas. A exterior e uma interior que dá para a sacristia. Dentro da sacristia, foram revolvidas todas as gavetas tendo os gatunos levado consigo vários porta-moedas vazios além de um outro com poucas moedas, muitas das quais fora de circulação (...). Mais do que o que roubaram foi o prejuízo deixado", escreveu o pároco.

Sobre o assalto à igreja de Paradela, o pároco descreveu que foi forçada a porta da arrecadação da Irmandade de São Pedro, e remexido "tudo quanto encontraram".

Leia Também: Suspeitos de assalto a ourivesaria obrigados a apresentações diárias

Recomendados para si

;
Campo obrigatório