Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
MIN 9º MÁX 16º

"Sinceras condolências". GNR lamenta morte de militares da Guardia Civil

Dois militares da Guardia Civil morreram após serem abalroados por uma embarcação de traficantes de droga, em Cádis.

"Sinceras condolências". GNR lamenta morte de militares da Guardia Civil
Notícias ao Minuto

23:53 - 09/02/24 por Notícias ao Minuto

País GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) lamentou, esta sexta-feira, a morte de dois militares da Guardia Civil, que morreram após serem abalroados por um barco de traficantes de droga em Cádis, em Espanha.

"A GNR manifesta o seu pesar pela perda dos dois militares da Guardia Civil, que faleceram em missão de serviço", lê-se numa nota, publicada na rede social Facebook. 

A autoridade deixou ainda as "mais sinceras condolências" às "famílias, amigos e camaradas" das vítimas.

Segundo o El Diario, quatro embarcações com droga tentavam evitar o barco da autoridade dentro das instalações do Porto de Albufera, em Barbate. No entanto, um dos barcos acabou por abalroar a embarcação da Guarda Civil, que era menos potente. Um terceiro guarda ficou ferido.

A Guardia Civil já lamentou o acidente, deixando um "adeus doloroso" aos companheiros que "morreram em serviço" e a Associação Única dos Guardas Civis (AUGC) exigiu que o Ministério do Interior abra uma "investigação aprofundada" para apurar o que aconteceu. 

Segundo adiantaram fontes do Ministério do Interior à Efe, o ministro Fernando Grande-Marlaska viajará amanhã para a localidade de Cádis, na Andaluzia. 

Leia Também: Dois polícias espanhóis morrem abalroados por lancha de traficantes

Recomendados para si

;
Campo obrigatório