Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

"O que esperava". Bolieiro confirma dissolução do parlamento dos Açores

Presidente do Governo Regional dos Açores confirmou o desfecho no fim da reunião do Conselho de Estado.

"O que esperava". Bolieiro confirma dissolução do parlamento dos Açores
Notícias ao Minuto

16:22 - 11/12/23 por Notícias ao Minuto com Lusa

Política Açores

O Presidente do Governo Regional dos Açores confirmou, esta segunda-feira, a dissolução do parlamento açoriano. "É o que eu esperava", afirmou José Manuel Bolieiro aos jornalistas, à saída da reunião do Conselho de Estado desta segunda-feira, remetendo mais detalhes sobre o assunto para mais tarde.

Interrogado sobre se haverá eleições regionais antecipadas em 4 de fevereiro, Bolieiro remeteu esse anúncio para o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

De recordar que o Chefe de Estado convocou, para esta segunda-feira, uma reunião do Conselho de Estado que começou às 15h30 e acabou por volta das 16h15, tendo como ponto central a crise política nos Açores causada pelo chumbo da proposta de Orçamento na região.

Segundo fonte da Presidência da República citada pela Lusa, não participaram nesta reunião, no Palácio de Belém, em Lisboa, os conselheiros de Estado António Lobo Xavier e António Damásio.

Marcelo Rebelo de Sousa convocou o órgão político de consulta presidencial depois de ter ouvido em 30 de novembro os partidos representados no parlamento açoriano, na sequência do chumbo do orçamento regional para 2024.

O próprio presidente do executivo dos Açores, José Manuel Bolieiro, do PSD, e os outros dois partidos da coligação de Governo, CDS-PP e PPM, defenderam que deve haver eleições regionais antecipadas, perante a perspetiva de novo chumbo caso fosse apresentada uma segunda proposta de orçamento regional para 2024.

[Notícia atualizada às 16h32]

Leia Também: Açores. Bolieiro vai defender no Conselho de Estado eleições em fevereiro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório