Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 19º

PJ localizou recém-nascida que português traficou do Brasil

A recém-nascida, vinda para Portugal em outubro, foi localizada pela Polícia Judiciária.

PJ localizou recém-nascida que português traficou do Brasil
Notícias ao Minuto

14:01 - 05/12/23 por Notícias ao Minuto

País Brasil

A Polícia Judiciária conseguiu localizar a menina de três meses que foi vítima de tráfico de crianças. Havia sido "transportada de S. Paulo, no Brasil, para a cidade de Valongo".

Recorde-se que um homem, de 44 anos, de nacionalidade portuguesa, foi detido no Brasil por ser suspeito de trafico de crianças.

O suspeito registou dois bebés, em menos de um mês, como sendo seus filhos e fez várias viagens entre o Brasil e Portugal, nos últimos anos. Numa das viagens de regresso a Portugal, trouxe uma bebé, mas depois voltou ao Brasil sem ela.

A menor foi encontrada na companhia do cônjuge do suspeito, um homem de 44 anos, também ele empresário e sem antecedentes criminais. Foi constituído arguido e interrogado.

A bebé "está em boas condições de saúde, tendo sido entregue em casa de acolhimento", lê-se em comunicado enviado pela PJ.

A investigação começou na passada quinta-feira, 30 de novembro, quando a procuradoria de Valinhos informou a Polícia Federal de que um bebé recém-nascido tinha sido abandonado pela mãe num hospital da cidade, revela o portal brasileiro G1, da Globo.

A bebé, que ainda se encontra no hospital, estava registada como sendo filha de um homem com nacionalidade portuguesa e, durante a investigação, a polícia brasileira apurou que uma outra recém-nascida havia sido registada naquele hospital como sendo filha do mesmo homem, menos de um mês antes.

Em ambos os casos, o registo de paternidade foi feito com documentos falsos e eram acompanhados de pedidos de guarda unilateral, o que permitiria que o homem saísse do país com os bebés sem autorização da mãe.

De acordo com o G1, a polícia apurou ainda que o homem fez quatro viagens entre o Brasil e Portugal nos anos de 2015, 2021 e 2023, duas das quais no presente ano. Na última viagem de regresso a Portugal, o homem levou uma bebé recém-nascida com menos de um mês de vida. No entanto, quando regressou a São Paulo, já não tinha a criança.

[Notícia atualizada às 14h26]

Leia Também: Brasil. Prisão preventiva para português suspeito de tráfico de crianças

Recomendados para si

;
Campo obrigatório