Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 21º

Fuzileiros portugueses seguiram hoje para nova missão na Lituânia

Para a missão, com uma duração prevista de três meses, foi destacada uma força modular constituída por 146 militares.

Fuzileiros portugueses seguiram hoje para nova missão na Lituânia
Notícias ao Minuto

11:02 - 22/03/23 por Notícias ao Minuto

País Marinha Portuguesa

Uma força de fuzileiros partiu, esta manhã, do Aeródromo de Trânsito N.º 1, em Figo Maduro, para uma nova missão na Lituânia, segundo dá conta uma nota publicada no site da Marinha Portuguesa.

Para esta missão, com uma duração prevista de três meses, foi destacada uma força modular constituída por 146 militares, "gerada e aprontada pelo Corpo de Fuzileiros".

Na despedida da 'Força de Fuzileiros Lituânia' (FFZ LTU) esteve presente o chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante Henrique Gouveia e Melo, entre outras entidades, "tendo na ocasião desejado votos de boa missão aos militares da Marinha", pode ler-se no comunicado.

A Marinha Portuguesa deu ainda conta de que a mesma é "composta, na sua maioria, por militares da Força de Fuzileiros N.º1, reforçada com elementos dos Mergulhadores e de Operações Especiais, cuja 'Special Operation Maritime Task Unit' (SOMTU) foi gerada pelo Destacamento de Ações Especiais". 

A participação da Força de Fuzileiros na Lituânia, que acontece desde 2018, enquadra-se no âmbito das 'Assurance Measures' da NATO, que pretendem "fomentar a coesão da Aliança Atlântica, sustentar elevados níveis de prontidão e para dissuadir ameaças diretas ou indiretas contra os países membros da NATO", explica a mesma fonte.​​

Leia Também: Marinha tem nove principais meios de combate. Só três estão operacionais

Recomendados para si

;
Campo obrigatório