Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 21º

Sismo. Missão portuguesa parte para a Turquia na quarta-feira

O voo está marcado para quarta-feira, 8 de fevereiro, e deverá partir de Lisboa por volta das 14h30.

Sismo. Missão portuguesa parte para a Turquia na quarta-feira
Notícias ao Minuto

19:40 - 07/02/23 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Sismo na Turquia

Portugal vai enviar, na quarta-feira, uma Força Operacional Conjunta (FOCON) para a Turquia, no âmbito do sismo que afetou o país, assim como uma parte da Síria. O voo está previsto partir às 14h30 do Terminal Militar de Figo Maduro, em Lisboa.

De acordo com um comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, este grupo - com valências nas áreas de busca, salvamento, proteção e socorro em estruturas colapsadas - é composto por elementos da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), da Guarda Nacional Republicana, do Regimento Sapadores Bombeiros e do Instituto Nacional de Emergência Médica.

"A FOCON irá participar nas operações de socorro na sequência do sismo que afetou aquele país", lê-se na nota.

A ajuda humanitária decorre do pedido de assistência internacional formulado pelas autoridades turcas via Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia.

O ministro da Administração Interna (MAI), José Luis Carneiro, já tinha anunciado hoje, em Coimbra, o envio desta força de 53 elementos, que sairá de Portugal "para se juntar aos esforços europeus de cariz humanitário de proteção civil e, muito particularmente no caso do apoio português, no âmbito da busca e do salvamento".

Em declarações aos jornalistas à margem do mesmo encontro com autarcas da região centro em Coimbra, o presidente da ANEPC, Duarte da Costa, explicou que "já foram encontradas, em parceria com o Mecanismo Europeu, as metodologias que são necessárias para fazer entrar a força na Turquia, conjuntamente com outros esforços europeus e outras forças europeias que neste momento se estão a preparar".

Segundo uma estimativa hoje avançada pela Organização Mundial da Saúde, o número de pessoas afetadas pelos sismos pode chegar aos 23 milhões.

[Notícia atualizada às 20h04]

Leia Também: Cruz Vermelha faz apelo após sismo. "Necessidades aumentam a cada minuto"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório