Meteorologia

  • 02 ABRIL 2023
Tempo
21º
MIN 11º MÁX 22º

Agravamento da meteorologia no Porto obriga a fechar Avenida D. Carlos I

A Câmara do Porto anunciou hoje que devido ao agravamento das condições meteorológicas relativamente à agitação marítima, vento e precipitação, a circulação automóvel e pedonal serão interrompidas na Avenida D. Carlos I, a partir das 18:00.

Agravamento da meteorologia no Porto obriga a fechar Avenida D. Carlos I

"Por precaução e para salvaguarda da segurança de pessoas e bens, a circulação automóvel e pedonal na Avenida de Dom Carlos I, na zona da barra do Douro, irá ser interrompida a partir das 18 horas de hoje", refere na sua página na Internet.

De acordo com a autarquia, o trânsito será restabelecido logo que as condições do mar o permitam, sendo efetuada uma reavaliação da situação durante a manhã de quinta-feira.

O Serviço Municipal de Proteção Civil informa, ainda, que serão também efetuados impedimentos da circulação pedonal, à cota baixa, na Av. do Brasil e Av. de Montevideu.

Face às previsões do IPMA, "é expectável o aumento do risco de galgamentos costeiros durante os períodos de preia-mar, que poderão ser confirmados no site do Instituto Hidrográfico".

Deste modo, a Proteção Civil Municipal recomenda à população a tomada das necessárias medidas preventivas e de proteção e a adoção de comportamentos adequados que permitam minimizar o risco existente.

Aponta a adoção de uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias ou com a redução da visibilidade e ao não atravessamento de zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas e a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, como bueiros, algerozes e caleiras, e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculo ao livre escoamento das águas.

Aconselha também o respeito pelos perímetros de segurança estabelecidos junto da orla costeira e acessos aos molhes, nomeadamente na Avenida de D. Carlos I, Avenida do Brasil e Avenida de Montevideu ou outros que venha a ser necessário implementar e especial atenção na circulação, permanência e estacionamento junto a áreas arborizadas, devido à possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude do vento forte e da forte saturação dos solos.

A Proteção Civil Municipal recomenda ainda a adequada fixação de estruturas soltas, como andaimes, placards, lonas publicitárias ou outras estruturas suspensas e solicita atenção às informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e indicações, da Proteção Civil e das Forças de Segurança.

Os distritos do Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão passar de aviso laranja para vermelho a partir das 21:00 de terça-feira devido à agitação marítima, anunciou hoje o IPMA.

Estes sete distritos, que estão sob aviso laranja, vão passar a aviso vermelho, o mais grave de uma escala de três, a partir das 21:00 de terça-feira e até às 06:00 de quarta-feira devido à previsão de agitação marítima forte, prevendo-se ondas de noroeste com 6,5 a 7,5 metros de altura significativa, podendo atingir a altura máxima de 12 a 14 metros.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aviso vermelho é emitido sempre que existe uma situação meteorológica de risco extremo.

O IPMA emitiu também aviso amarelo para os distritos de Bragança, Viseu, Porto, Faro, Vila Real, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga entre as 21:00 de hoje e as 03:00 de terça-feira por causa do vento forte, prevendo-se rajadas até 100 quilómetros por hora nas terras altas.

Os distritos de Braga, Coimbra, Aveiro, Castelo Branco, Viana do Castelo, Vila Real, Guarda, Porto, Viseu e Bragança também estão sob aviso amarelo por causa da queda de neve acima de 800/1.000 metros, descendo a cota a partir do final da tarde para os 500/700 metros entre as 06:00 de terça-feira e as 03:00 de quarta-feira.

O IPMA emitiu igualmente aviso amarelo para os distritos de Viseu, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Aveiro e Braga devido à previsão de chuva por vezes forte, em especial nas regiões montanhosas entre as 00:00 e as 03:00 de terça-feira.

Leia Também: Mau tempo. Régua estima prejuízos de 1,3 milhões, sobretudo em estradas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório