Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 8º MÁX 12º

Viana estima redução até 33% do consumo de energia com luzes de Natal

A iluminação de Natal em 28 ruas de Viana do Castelo, que terá menos 20 mil lâmpadas LED, permitirá uma redução entre 30 e 33% do consumo de eletricidade sem "tirar brilho" à época natalícia, foi hoje divulgado.

Viana estima redução até 33% do consumo de energia com luzes de Natal

A estimativa de redução do consumo energético foi avançada pelo presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), parceira da Câmara Municipal, no programa de animação da cidade, apresentado hoje em conferência de imprensa.

Manuel Cunha adiantou que os custos com a iluminação natalícia orçam, este ano, os 160 mil euros, menos 10 mil euros que em 2021, apesar de haver ornamentação em mais ruas, praças e duas entradas da cidade.

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, referiu que o investimento municipal aumentou 50 mil euros, para 350 mil.

"Vamos fazer o maior esforço direto de sempre num investimento superior a 350 mil euros. É um esforço significativo, mas acreditamos que vale a pena porque mobiliza e dinamiza a cidade e ganham os agentes económicos. Todas as atividades que promovemos destinam-se a criar economia", afirmou Luís Nobre.

Este ano, sublinhou, a aposta foi num programa "mais curto, mas mais denso", com mais iniciativas, "intergeracionais" e que se estendem a novas zonas do centro histórico, para espalhar a "criação de economia" a todo o tecido empresarial da cidade.

A programação "Viana, Coração do Natal" integra "mais de uma centena de propostas e iniciativas" entre 01 de dezembro e 08 de janeiro.

A Praça Natal, o Mercado de Natal, atividades infantis, concertos, animação de rua, exposições e passagem de ano são os pontos altos da programação apresentada.

"É uma programação mais rica, mais intensa, mais densa, mas responsável. Foi esse o desafio que lancei a todos, em todas as áreas", adiantou Luís Nobre.

Manuel Cunha destacou que a parceria com a Câmara Municipal tem permitido "uma gestão extremamente racional do erário público", este ano, confrontada "com os constrangimentos causados pela crise energética".

"Vivemos uma época complicada. Temos uma crise energética e temos de ter o bom senso de não criar uma má imagem face a este problema que estamos a passar", reforçou Manuel Cunha.

Segundo o presidente da AEVC, a iluminação das ruas, praças e entradas da cidade será garantida por lâmpadas LED de "alta intensidade, que permitem o controlo de potência" e por consequência, a redução dos consumos energéticos.

O início da animação natalícia em Viana do Castelo vai começar no dia 02 de dezembro, "um pouco antes" do dia 06, a data recomendada pelo Governo, para garantir "dinâmica" às empresas do concelho.

Durante a semana as luzes de Natal vão acender-se menos duas horas por dia, entre as 18:00 e as 22:00. Aos fins de semana, estarão ligadas entre as 18:00 e as 00:00.

Os espetáculos multimédia, que até agora preenchiam cerca de metade da Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, vão ser alargados a toda a extensão da principal artéria da cidade.

Os espetáculos multimédia, diários, consistem em jogos de luzes sincronizados com música e atraem centenas de pessoas.

A árvore de Natal 3D, com cerca de 30 metros de altura, que nos últimos anos tem sido instalada na Praça da Liberdade, este ano será montada nos jardins da marina, junto ao rio Lima.

Sobre o impacto deste investimento no turismo, Manuel Cunha apontou, até ao momento, a confirmação da presença de 250 espanhóis que viajarão, em quatro autocarros, da província de Leão, em Espanha, até à capital do Alto Minho, para assistirem ao início da iluminação de Natal marcada para o dia 02 de dezembro, às 18:00.

Durante a época natalícia de 2021, Viana do Castelo recebeu sete excursões do país vizinho.

"O sucesso desta parceria ultrapassou a Galiza. Já é conhecida [a animação natalícia] em outros cantos e acredito que cada vez mais virá mais gente de fora para prestigiar o Natal em Viana do Castelo", disse.

A passagem do ano também integra esta programação, com animação na tenda gigante instalada na Praça da Liberdade, o habitual fogo de artifício sobre o rio Lima.

Segundo o vereador Ricardo Rego, presente no encontro com os jornalistas, a animação na tenda gigante será garantida pelos concessionários do espaço.

"Estão a fechar com uma serie de artistas. Dentro em breve será anunciada essa programação", referiu.

Leia Também: Funchal iluminado por 1,6 milhões de lâmpadas no Natal e fim de ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório