Meteorologia

  • 03 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 5º MÁX 17º

GNR deteve mais de 400 pessoas em menos de uma semana

Força de segurança revelou, este sábado, o balanço de um conjunto de operações que visaram não só a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional.

GNR deteve mais de 400 pessoas em menos de uma semana
Notícias ao Minuto

09:02 - 24/09/22 por Notícias ao Minuto

País GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve mais de 400 pessoas, entre os dias 16 e 22 de setembro, a maior parte por condução sob o efeito de álcool. No mesmo período, foi apreendido diverso produto estupefaciente e armas proibidas e detetadas mais de 8.000 infrações ao trânsito.

Segundo revela um comunicado, para além da sua atividade operacional diária, a força de segurança levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, tendo resultado na detenção de 444 pessoas em flagrante delito. 

Destas 444 detenções, 232 ocorreram por condução sob o efeito do álcool, 94 por condução sem habilitação legal, 22 por tráfico de estupefacientes, 17 por posse ilegal de armas e arma proibida, 11 por furto e roubo e sete por violência doméstica.

Além disso, foi ainda apreendido diverso produto estupefaciente, nomeadamente 2.147 doses de liamba, 535 doses de haxixe, 258 doses de heroína, 207 doses de cocaína, quatro doses de MDMA e 174 pés de canábis. A GNR apreendeu ainda 24 armas de fogo, 39 armas brancas ou proibidas, 215 munições, dez viaturas e 2.680 euros em numerário.

No que diz respeito ao trânsito, foram detetadas 8.308 infrações.

Destas, 1.972 foram por excessos de velocidade,  569 por falta de inspeção periódica obrigatória, 533 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 397 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 298 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 286 relacionadas com tacógrafos, 248 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização e 208 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Leia Também: Detida em Cabo Verde portuguesa condenada pela morte do namorado em 2016

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório