Meteorologia

  • 07 OUTUBRO 2022
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 30º

Detido agressor que perseguia e agredia ex-companheira

Relação iniciada em 2016 foi sempre marcada pela violência doméstica. No início de 2022, mulher separou-se do detido e foi viver com a mãe, mas nem assim o pesadelo terminou.

Detido agressor que perseguia e agredia ex-companheira
Notícias ao Minuto

16:29 - 01/07/22 por Notícias ao Minuto

País Carcavelos

Um homem de 38 anos foi detido pelo Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) por dois crimes de violência doméstica reiterada à companheira, mesmo após o casal se ter separado. 

De acordo com a PSP em comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, o indivíduo foi detido no dia 29 de junho, pelas 18h40, em Carcavelos, no cumprimento de um Mandado de Detenção emitido pela Autoridade Judiciária. 

A relação começou em 2016 e foi sempre marcada pela violência doméstica tendo o agressor, por diversas vezes, maltratado "a vítima física, verbal e psicologicamente, atingindo-a na sua saúde e bem-estar". 

Segundo a autoridade, o homem provocou "cansaço extremo e desgaste psicológico [à vítima], amedrontando-a e perturbando-a no seu descanso e sentimento de segurança, provocando-lhe receio pela sua vida e integridade física e ainda ofendendo-a na sua honra e consideração pessoal".

Ainda que a mulher se tenha separado definitivamente do detido no início de 2022, indo viver com a mãe, a perseguição e violência continuaram de forma diária e várias vezes ao longo do dia.   

"O agressor telefonou e enviou mensagens à vítima e quando a mesma não atendia, deslocava-se ao seu local de trabalho no intuito de chegar ao contacto com a mesma", dá conta nota da PSP. 

Além desta perseguição permanente, o agressor "tentou suicidar-se por enforcamento, tendo a vítima acionado os bombeiros que impediram a sua concretização". Após esta situação, o agressor o assédio tendo continuado "a procurar e a abordar a vítima nos sítios onde esta se encontrava, injuriando-a e agredindo-a fisicamente".

O detido ficou com medida de afastamento com proibição de contactos e vigilância eletrónica após ter sido apresentado no  Tribunal de Lisboa Oeste - Cascais para 1.º interrogatório judicial. 

Leia Também: Detido por violência doméstica tinha espadas e várias armas em casa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório