Meteorologia

  • 03 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 5º MÁX 17º

Covid-19: Vila Nova de Gaia pede às pessoas precauções no S. João

O presidente da Câmara de Gaia pediu hoje às pessoas para refletirem sobre o período da Páscoa, queima das fitas e festejos futebolísticos e evitem comportamentos de risco na noite de São João, de 23 para 24 de junho.

Covid-19: Vila Nova de Gaia pede às pessoas precauções no S. João

"O pedido é que reflitam sobre o período da Páscoa, a queima das fitas e os festejos futebolísticos e façam com que o São João corra bem", advertiu Eduardo Vítor Rodrigues aos jornalistas, no final da reunião do executivo municipal.

Após dois anos de interregno devido à pandemia de covid-19, as câmaras de Vila Nova de Gaia e do Porto vão organizar e custear o fogo-de-artifício sobre o Douro na noite de São João.

Contudo, o presidente da Câmara de Gaia revelou que, para diminuir o tempo de concentração de pessoas, o fogo-de-artifício foi reorganizado e irá durar entre "12 a 13 minutos" ao invés dos habituais 16 minutos.

O objetivo, explicou, é fazer com que as pessoas saiam rapidamente dos sítios que ocupam para assistir ao fogo-de-artifício.

Apesar de perder tempo, o espetáculo pirotécnico ganhará "intensidade", acrescentou o autarca.

Como tradicionalmente acontecia antes do período pandémico, estas autarquias voltam à habitual parceria dividindo o custo do fogo-de-artifício em partes iguais, adiantou.

Este ano, a contratualização é da responsabilidade da Câmara Municipal do Porto, presidida pelo independente Rui Moreira, frisou o município, sem adiantar o valor do investimento.

Apesar do regresso do espetáculo de fogo-de-artifício, Vila Nova de Gaia não vai realizar o tradicional concerto da noite de São João para evitar aglomerações, vincou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório