Meteorologia

  • 29 JUNHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 24º

Desmantelado trio de carteiristas. Somaram mais de 40 mil euros em 2 anos

Grupo de três homens atuava a nível europeu. Em Portugal, terão cometido 55 crimes.

Desmantelado trio de carteiristas. Somaram mais de 40 mil euros em 2 anos
Notícias ao Minuto

10:36 - 26/05/22 por Notícias ao Minuto

País PSP

A Polícia de Segurança Pública (PSP) desmantelou um grupo de carteiristas que estava ativo a nível europeu e que, em território nacional, são suspeitos de um total de 55 crimes.

Os três homens, com idades compreendidas entre os 47 e os 52 anos, oriundos do leste da Europa, foram detidos na passada sexta-feira (dia 20), na estação do Oriente, em Lisboa.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP explica que o bando andava já a ser investigado desde de 2020, altura em que "os polícias se aperceberam que os furtos de carteira em estações ferroviárias" estavam a aumentar no país.

Os crimes estavam associados "a levantamentos de dinheiro e pagamentos" feitos com os cartões bancários roubados.

Segundo a PSP, o grupo "atuava com extrema itinerância, tendo começado em 2018 e 2019 apenas com uma visita ao nosso país, passando a duas visitas em 2020". No ano passado, passaram a visitas mais regulares, mas curtas e, na maioria das vezes, ao fim de semana, sem qualquer padrão de agendamento que permitisse uma análise criminal da presença do grupo em Lisboa.

"Assim, a Equipa da Divisão de Investigação Criminal, especialmente criada para estes fenómenos itinerantes, iniciou uma operação policial que visava o reforço do controlo e vigilância nas estações ferroviárias de Lisboa, através da distribuição de vários polícias, especializados neste tipo de crime" e que permitiu detetar e deter os três carteiristas, na estação ferroviária do Oriente, "enquanto tentavam efetuar um furto durante a entrada de vários passageiros num comboio".

"Na manhã do dia 20 de maio, uma mulher foi vítima de um furto na estação do Oriente e, após a detenção do grupo, e de várias diligências", foi possível identificar que "este grupo havia sido o responsável pelo furto e uso dos cartões da vítima".

O trio é suspeito de 25 furtos qualificados e 30 utilizações indevidas de cartão bancário (levantamentos de dinheiro e pagamentos com os cartões furtados) nos últimos dois anos, "sendo que, com estes furtos e utilizações indevidas causaram um prejuízo total às vítimas de cerca de 41.775 euros".

"Com estas três detenções, a PSP desmantelou este grupo que estava ativo a nível europeu e que fazia de Portugal era um dos seus locais de atividade criminal", lê-se ainda.

A PSP contou, para esta operação, com a colaboração do Gabinete de Segurança da CP (Comboios de Portugal).

O Juiz de Instrução Criminal de Lisboa determinou que os três aguardem julgamento em prisão preventiva.

Leia Também: Quase 400 carteiristas detidos em Lisboa nos últimos quatro anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório