Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Águas do Alto Minho lança concurso para sistema de deteção de perdas

A empresa Águas do Alto Minho (AdAM) abriu hoje um concurso público, no valor de um milhão de euros, para instalar um sistema de deteção de perdas na rede de abastecimento de água em baixa em sete municípios.

Águas do Alto Minho lança concurso para sistema de deteção de perdas
Notícias ao Minuto

10:56 - 27/01/22 por Lusa

País Águas do Alto Minho

De acordo com o aviso hoje publicado em Diário da República (DR), o concurso público visa a aquisição de bens e serviços para o fornecimento e instalação do sistema de telegestão (SCADA) e o fornecimento de arquitetura de suporte aos sistemas de gestão e controlo de perdas de abastecimento de água.

A AdAM é detida em 51% pela Águas de Portugal (AdP) e em 49% pelos municípios de Arcos de Valdevez (PSD), Caminha (PS), Paredes de Coura (PS), Ponte de Lima (CDS-PP), Valença (PS), Viana do Castelo (PS) e Vila Nova de Cerveira (PS), que compõem a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho.

Três concelhos do distrito - Ponte da Barca (PSD), Monção (PSD) e Melgaço (PS) - reprovaram a constituição daquela parceria.

No aviso, a empresa especifica que o fornecimento e instalação do sistema de telegestão (SCADA) tem um preço base de 800 mil euros, e o fornecimento de arquitetura de suporte aos sistemas de gestão e controlo de perdas de abastecimento de 200 mil euros.

O prazo de execução do contrato (prazo inicial sem incluir renovações) é de um ano.

O prazo para apresentação das propostas a este procedimento concursal "termina às 18:00 do trigésimo dia a contar da data de envio do presente anúncio", 24 de janeiro.

Em maio de 2021, em comunicado, a empresa anunciou um investimento de 13 milhões de euros, financiado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), para combater as perdas de água, com a instalação de um sistema de telegestão, de deteção de fugas, bem como à substituição de condutas com problemas recorrentes de roturas.

A candidatura ao POSEUR para Eficiência Hídrica "visa tornar mais sustentáveis as redes de abastecimento de água e de drenagem de águas residuais, reduzindo consideravelmente o volume de perda de água, bem como de afluências indevidas, contribuindo para a proteção dos recursos hídricos da região".

Naquela nota, a AdAM apontou "o final do ano de 2021 para a instalação de medidores de caudal, em todas as infraestruturas localizadas da rede de abastecimento de água, permitindo aferir com exatidão o volume de água que entra no sistema e das perdas reais nos sete municípios".

Já o "processo de controlo da gestão da rede de abastecimento de água, envolvendo a instalação de um sistema de telegestão que possibilitará receber e centralizar todos os dados dos equipamentos, (englobando mais de 600 pontos), permitirá também a atuação remota sobre as infraestruturas".

"Prevê-se que este processo esteja concluído até ao primeiro trimestre de 2022", referia a nota.

A AdAM "irá também implementar o WONE (Water Optimization for Network Efficienty), um sistema tecnológico desenvolvido dentro do grupo AdP pela Empresa Portuguesa das Águas Livres (EPAL), que permite a redução das perdas e a otimização do sistema de abastecimento".

"No primeiro ano de atividade, a AdAM detetou 1.884 roturas na rede e na globalidade da sua área de intervenção um volume 45,4% de perdas de água no sistema de distribuição e de 38,5% de saneamento", destacou a empresa.

A AdAM, que gere as redes de abastecimento de água em baixa e de saneamento, começou a operar em janeiro de 2020, "dimensionada para fornecer mais de nove milhões de metros cúbicos de água potável, por ano, e para recolher e tratar mais de seis milhões de metros cúbicos de água residual, por ano, a cerca de 70 mil clientes".

Leia Também: Em Chaves, até a água de fontanário congela. Há imagens que o provam

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório