Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

"Previsões quase certas". Cerca de um milhão de isolados nas eleições

Matemático do Instituto Superior Técnico de Lisboa, Henrique Oliveira, afirma que número de isolados já vai em "900 e poucos", neste momento, e que poderá escalar até ao milhão até domingo.

"Previsões quase certas". Cerca de um milhão de isolados nas eleições

Numa altura em que as eleições se avizinham, o número de isolamentos continua a subir e pode chegar a um milhão até domingo. As previsões "muito seguras, quase certas" são referidas pelo matemático do Instituto Superior Técnico de Lisboa, Henrique Oliveira, na RTP3. 

Atualmente, temos "900 mil e poucos" isolados e esse número poderá crescer até  "um milhão, um bocadinho mais, um bocadinho menos".

O matemático ressalva, no entanto, que "esses isolados não são pessoas que queiram todas votar".  Entre "350 mil a 400 mil devem querer ir votar", adiantou à Lusa o professor do departamento de matemática do Instituto Superior Técnico.

Esta estimativa é superior à anterior, que previa entre 180 a 250 mil eleitores isolados no dia das eleições, entre um universo total de cerca de 450 mil a 500 mil pessoas impedidas de sair de casa por estarem infetadas ou serem contactos de alto risco.

Quanto ao pico da pandemia, Henrique Oliveira estima que se situe entre o início e o dia 12 de fevereiro, com o teto a atingir os 60 mil casos notificados em média a sete dias, mas com um máximo de infeções diárias de 130 mil. Estas estimativas são, porém, imprevisíveis dado o regresso às escolas, mas também o intenso movimento eleitoral, nomeadamente as arruadas, que levam a muita circulação de pessoas e ajuntamentos que "transcendem as bolhas familiares". 

"É o efeito combinado das escolas e da campanha eleitoral. Mas a campanha eleitoral está a produzir uma subida muito surpreendente face aos modelos que nós tínhamos", adiantou também à Lusa Henrique Oliveira, apontando a recente subida do índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-CoV-2.

Regras para os isolados em dia de eleições

Com um número expressivo de isolados nas eleições antecipadas, importa recordar as regras para votar para estes eleitores.

Os eleitores que se encontrem em confinamento obrigatório devido à covid-19 no próximo dia 30 de janeiro vão poder votar presencialmente, depois de o Governo ter pedido um parecer ao conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República (PGR), numa faixa horária específica. 

Das 18 às 19 horas é o horário recomendado para que os isolados possam votar. É recomendado que os restantes eleitores votem no restante período do dia. 

As máscaras comunitárias não serão permitidas na ida às urnas, sendo exigidas para o efeito as máscaras FFP2. 

Veja, neste link, o guia com todas as respostas sobre a votação de eleitores confinados no dia 30 de janeiro. 

Leia Também: Isolamento profilático por Covid-19 é pago a 100%, recorda a DECO

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório