Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 31º

Vice-reitor da U. Porto morre aos 66 anos vítima de doença prolongada

O vice-reitor da Universidade do Porto (U. Porto) com os pelouros do Património Edificado e Sustentabilidade, António Silva Cardoso, morreu hoje, aos 66 anos, vítima de doença prolongada, adiantou a instituição.

Vice-reitor da U. Porto morre aos 66 anos vítima de doença prolongada
Notícias ao Minuto

21:01 - 19/01/22 por Lusa

País António Cardoso

Numa nota publicada no seu 'site', a U. Porto revela que António Silva Cardoso, que era desde janeiro de 2020 presidente da direção da UPTEC -- Parque de Ciência e Tecnologia da U. Porto, faleceu hoje aos 66 anos.

Licenciado e doutorado em Engenharia Civil, António Silva Cardoso iniciou a atividade docente na U. Porto em 1976.

Desde 2002 que era professor catedrático e detentor de "um extenso currículo académico", tendo assinado cerca de 150 publicações em livros, revistas e atas de reuniões técnico-científicas nacionais e internacionais.

O percurso de António Silva Cardoso "confunde-se" com a Faculdade de Engenharia (FEUP), instituição onde se notabilizou como docente, investigador e consultor na área da Engenharia Civil e Geotecnia ao longo de mais de quatro décadas.

A par da atividade docente e científica, António Silva Cardoso destacou-se em diversos cargos de gestão, tanto na FEUP, onde exerceu funções de diretor do departamento de Engenharia Civil, como na U. Porto, onde desempenhou funções de membro do Conselho Geral e do Conselho de Gestão.

António Silva Cardoso foi também vice-reitor em dois reitorados distintos (2006- 2014 e 2018-2022), tendo sido um dos responsáveis pela ampliação e requalificação do 'campus' universitário, bem como pela modernização e expansão dos equipamentos e infraestruturas.

Lamentando "profundamente" a morte de António Silva Cardoso, o reitor da U. Porto salienta que o seu desaparecimento a instituição "perde um professor douto, dedicado e inspirador, um investigador reconhecido internacionalmente na área da Engenharia Civil e um gestor académico com visão, iniciativa e capacidade de realização".

"O professor Doutor António Cardoso deixou, de facto, uma obra notável, da qual beneficiam hoje e beneficiarão amanhã várias gerações de membros da nossa comunidade académica", realça António de Sousa Pereira, observando que perdeu "um colega e amigo" de grande estima, admiração e reconhecimento.

O corpo de António Silva Cardoso está hoje em câmara ardente no Salão Nobre da Reitoria da U. Porto, estando o edifício aberto ao público até às 00:00.

Pelas 13:00 de quinta-feira, o corpo segue para a Igreja do Foco, onde se realizará a missa de corpo presente, com início marcado para as 13:30.

O funeral realiza-se à tarde, na Murtosa, no distrito de Aveiro.

Leia Também: André Leon Talley, ex-diretor criativo da Vogue, morre aos 73 anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório