Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Gouveia e Melo percebeu "projeção atlântica que as ilhas representam"

O presidente do Governo dos Açores enalteceu hoje a postura do Chefe de Estado Maior da Armada por compreender a dimensão da "projeção atlântica" da região para o país e para a União Europeia.

Gouveia e Melo percebeu "projeção atlântica que as ilhas representam"
Notícias ao Minuto

19:23 - 14/01/22 por Lusa

País Açores

O almirante Gouveia e Melo começou hoje em Ponta Delgada, nos Açores uma visita pelo país, o que o chefe de governo (PSD/CDS-PP/PPM), José Manuel Bolieiro, valorizou, declarando que o Chefe de Estado Maior da Armada percebeu "a projeção atlântica que o mar e as ilhas representam para a dimensão não apenas militar, mas geoestratégica para o interesse nacional e para o quadro da integração na Europa".

Para José Manuel Bolieiro, a "dimensão atlântica de Portugal com os Açores e o entendimento" do Atlântico irão "permitir traçar estratégias futuras que darão centralidade ao papel dos Açores, mas obviamente sendo a região parte e não o todo".

Bolieiro destacou a projeção do Atlântico "não só com o reforço de meios, sejam navais ou da sinergia com a Força Aérea, mas também com a ciência e a alta tecnologia".

O líder do executivo açoriano referiu que o aproveitamento das oportunidades que os satélites proporcionam em termos de vigilância podem "potenciar melhor defesa e rastreabilidade" no espaço marítimo dos Açores.

Bolieiro considerou ainda que os cabos de fibra ótica são "essenciais para o domínio da soberania e da importância estratégica".

O almirante Gouveia e Melo disse estar em causa a sua "primeira deslocação em território nacional" como Chefe de Estado Maior da Armada, numa iniciativa que "reflete a importância que o mar tem nos desígnios nacionais", sendo um "exemplo a importância estratégia dos Açores".

Confrontado com a necessidade de fiscalização das águas açorianas, o Chefe de Estado Maior da Armada reconheceu que os recursos existentes "nunca são os que se deseja para cumprir o que eventualmente se acha ser a 100%, mas ainda são significativos".

O almirante disse estar a "olhar para a forma como se está fazer a atividade e tentar encontrar outras formas, mais inovadoras, para conseguir atingir os objetivos".

Leia Também: Gouveia e Melo ordena vacinação dos operacionais da Marinha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório