Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

MNE acompanha cidadã suspeita de violar quarentena nos Países Baixos

O Ministério dos Negócios Estrangeiros português afirmou hoje estar a "acompanhar e em contacto com a cidadã nacional" que alegadamente terá tentado violar a quarentena, num hotel em Amesterdão, imposta após regresso da África do Sul.

MNE acompanha cidadã suspeita de violar quarentena nos Países Baixos

"O Governo português, através da Embaixada de Portugal em Haia, está a acompanhar a situação e em contacto com a cidadã nacional em questão", referiu o MNE português, em resposta a um pedido de esclarecimento da Lusa.

A Skynews avançou hoje, citando a imprensa holandesa, que "um casal que deu positivo ao teste à covid-19, foi detido após ter fugido de um hotel de quarentena nos Países Baixos antes de tentar sair do país".

O casal -- uma portuguesa e um espanhol -- terá sido detido num avião que estava prestes a descolar no aeroporto Schiphol de Amesterdão, no domingo, segundo a polícia holandesa, adiantou este canal televisivo do Reino Unido.

Segundo o MNE português, a cidadã nacional "encontra-se numa unidade hospitalar e estará à espera de resultado de um novo teste PCR".

Entretanto, a agência de notícias espanhola EFE indicou hoje que este casal negou ter fugido do hotel e afirma ter recebido autorização para partir, após dois testes negativos.

Carola Pimenta, 28 anos, e o espanhol Andrés Sanz, 30 anos, que vivem em Espanha, encontram-se "presos numa situação desumana, numa sala fria, sem informação" sobre o que vai acontecer, num hospital no norte dos Países Baixos, disse a portuguesa, citada pela agência espanhola Efe.

Leia Também: Casal infetado que tentou fugir dos Países Baixos diz ter tido luz verde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório