Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

"Da Geringonça à rutura". O que se escreve lá fora sobre o 'chumbo' do OE

Cartão vermelho à proposta do Orçamento do Estado para 2022 precipitou Portugal para eventuais eleições antecipadas. Está tudo nas mãos de Marcelo Rebelo de Sousa, mas... o que dizem os jornais estrangeiros sobre a política interna nacional?

"Da Geringonça à rutura". O que se escreve lá fora sobre o 'chumbo' do OE

Orçamento chumbado; eleições antecipadas. Estes são os cenários pelos quais Portugal é falado, de momento, na imprensa internacional. A reprovação da proposta do OE para 2022 levou a que agências de notícias e jornais internacionais colocassem de novo o nosso país na ordem do dia. O que se diz e se escreve? 

A Reuters destaca "Parlamento português rejeita proposta do Orçamento, eleições antecipadas aproximam-se", fazendo um retrato resumido das últimas incidências políticas no nosso país. 

"O Parlamento de Portugal rejeitou o projeto de lei do Orçamento para 2022 do Governo minoritário socialista, na quarta-feira, com a Esquerda ao lado da oposição conservadora, num movimento que, provavelmente, desencadeará eleições antecipadas nos próximos meses", escreve a agência de notícias. 

Como não poderia deixar de ser, o cartão vermelho ao Orçamento teve também repercussões nas notícias do país vizinho. Em Espanha, o El País escreve: "Oposição de Esquerda e Direita derruba os Orçamentos do socialista Costa e abre as portas ao avanço das eleições em Portugal", acrescentando que o primeiro-ministro encarou o 'chumbo' como uma "derrota pessoal". 

Notícias ao Minuto El País© Direitos Reservados

Já o El Mundo, frisando que o mais provável é Portugal seguir para eleições antecipadas, noticia o fim da solução da governação à Esquerda. "Da 'Geringonça' à rutura: a Esquerda abandona António Costa", titula. 

Notícias ao Minuto El Mundo© Direitos Reservados

As notícias tiveram eco também em França, com o Le Monde a destacar o chumbo do documento na sua página inicial. "Em Portugal, o Governo socialista de António Costa foi deixado pelos aliados da extrema Esquerda", frisa a publicação, vincando ainda que a rejeição do OE "marca o fim de uma união de seis anos". 

Notícias ao Minuto Le Monde© Direitos Reservados

Noutro dos grandes jornais franceses, o Le Figaro, a ideia é a mesma: "Em Portugal, um Orçamento condenado ameaça a sobrevivência do Governo". 

No Reino Unido, o The Guardian é uma das publicações que acompanha a atualidade política no nosso país. O britânico escreve que "Portugal enfrenta eleições antecipadas com o Parlamento a rejeitar a proposta de Orçamento", referindo também que este cenário ocorreu "após semanas de negociações" entre o Executivo e os partidos. 

Notícias ao Minuto The Guardian© Direitos Reservados

A notícia do portal POLITICO (edição Europa) tem o título "Fim do Romance - A 'extrema-Esquerda' deixa cair António Costa", dizendo que a relação de seis anos acabou de forma "feia" na quarta-feira.

Do outro lado do Atlântico, no Brasil, a Folha de São Paulo escreve "Portugal vive crise na Esquerda por Orçamento e pode ter eleições antecipadas". Já o Estadão opta por: "Parlamento de Portugal rejeita Orçamento apresentado por socialistas e abre caminho para eleições". 

Notícias ao Minuto Estadão© Direitos Reservados

Leia Também: Cartão vermelho ao OE. Como chegámos ao 'chumbo' e o que vem aí?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório