Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Açores com 20 novos casos de infeção e 25 recuperados

Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 20 novos casos de Covid-19, sendo 17 em São Miguel e três no Faial, enquanto 25 pessoas recuperaram da doença, informa hoje a Autoridade de Saúde Regional.

Açores com 20 novos casos de infeção e 25 recuperados
Notícias ao Minuto

12:58 - 23/10/21 por Lusa

País Covid-19

No seu comunicado diário, aquela entidade explica que, em São Miguel, 13 dos novos casos foram registados no concelho de Ponta Delgada e quatro no concelho da Ribeira Grande.

No Faial, foram registados três novos casos no concelho da Horta.

Os novos casos positivos de covid-19 são "resultantes de 871 análises realizadas em laboratórios convencionados", acrescenta ainda a Autoridade de Saúde açoriana.

"Nas últimas 24 horas foram registadas 25 recuperações", lê-se ainda no comunicado.

Hoje continuam internados na Região sete doentes, todos no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, mas nenhum em Unidade de Cuidados Intensivos.

O arquipélago regista presentemente 193 casos positivos ativos, sendo 162 em São Miguel, 20 no Faial, seis em Santa Maria, três na Terceira e dois no Pico.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 9.362 casos positivos de covid-19, dos quais 8.941 recuperaram da doença, 44 faleceram, 95 saíram do arquipélago e 89 apresentaram prova de cura de anterior infeção.

Desde 31 de dezembro de 2020 e até 11 de outubro já foram vacinadas nos Açores 173.743 pessoas com a primeira dose (73,4 por cento) e 192.750 com a vacinação completa (81,4 por cento), no âmbito do Plano Regional de Vacinação.

A covid-19 provocou pelo menos 4.926.579 mortes em todo o mundo, entre mais de 242,39 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse (AFP), divulgada sexta-feira.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Leia Também: AO MINUTO: Ameaça de confinamento para não vacinados na Áustria

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório