Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 7º MÁX 12º

Edição

GNR detém três homens por tráfico de droga em Idanha-a-Nova e Penamacor

Três homens, com idades entre os 45 e os 50 anos, foram detidos pela GNR por alegado tráfico de droga nos concelhos de Idanha-a-Nova e de Penamacor, anunciou hoje aquela organização de segurança.

GNR detém três homens por tráfico de droga em Idanha-a-Nova e Penamacor
Notícias ao Minuto

17:19 - 19/10/21 por Lusa

País GNR

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Castelo Branco refere que a detenção ocorreu no domingo, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Idanha-a-Nova, no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorreu durante 10 meses.

Segundo a GNR, na sequência da investigação "foi possível apurar-se que os suspeitos atuavam de forma organizada e comercializam o produto estupefaciente na zona de Idanha-a-Nova e Penamacor".

No decorrer das diligências, os militares deram cumprimento a três mandados de busca domiciliária e a três em anexos e veículos.

Estas buscas culminaram na apreensão de 1.570 gramas de sumidades floridas de canábis, uma caçadeira, uma pistola de atordoamento para abate de animais, um aerossol de defesa (gás pimenta), 11 telemóveis, oito computadores, quatro 'tablets', um disco externo, duas balanças de precisão, dois moinhos e dois cartões de crédito.

Os militares apreenderam ainda diversas cadernetas bancárias e material para acondicionamento de produto estupefaciente, várias saquetas com sementes de canábis e 595 euros em numerário.

"Na sequência da investigação foram ainda constituídas arguidas duas mulheres, de 35 e 40 anos", lê-se na nota.

Esta operação contou com o reforço de militares dos Postos e Núcleos do Destacamento Territorial de Idanha-a-Nova, da estrutura de investigação criminal do Comando Territorial e do Destacamento de Intervenção (DI) de Castelo Branco e de binómios da equipa cinotécnica do Comando Territorial de Viseu.

A aplicação das medidas de coação aos detidos vai ser decidida pelo Tribunal Judicial de Idanha-a-Nova.

Leia Também: Homem apanhado com espadas, punhais e outras armas após ameaçar mulher

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório