Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

"Faroeste". Grupo que agrediu jovem filmou-se dentro de carrinha da PSP

Paulo Correia não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer. O suspeito fica a aguardar julgamento em prisão preventiva.

O grupo de franceses que é suspeito de ter agredido o estudante português Paulo Correia, junto de uma discoteca na baixa da cidade do Porto, filmou-se no interior da carrinha da Polícia de Segurança Pública (PSP) depois de ter sido detido.

No vídeo, que partilharam nas redes sociais, é possível perceber que os jovens riam e gozavam com a situação. "Estamos num filme do faroeste", diz um dos franceses. 

O caso de agressão ocorreu na zona de Passos Manuel, centro do Porto, cerca das 3h do passado domingo, e embora a agressão não envolvesse armas de fogo, a Polícia Judiciária ficou encarregue de apurar os contornos do crime.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um inquérito para investigar o caso, lembrando que no âmbito deste processo foi "aplicada a medida de coação de prisão preventiva a um arguido".

O português, de 23 anos, foi espancado e transportado em estado grave para o Hospital. "Estava inconsciente, inanimado na via pública e recebeu assistência médica no local com equipas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que depois o conduziu para o Hospital de Santo António", explicou fonte policial à Lusa. Acabou por não resistir aos ferimentos.

Diligências desenvolvidas pela PSP permitiram intercetar dois alegados autores da agressão, ambos de nacionalidade estrangeira. O principal suspeito das agressões é um jovem, de 21 anos, que, presente esta segunda-feira ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC), ficou a aguardar julgamento em prisão preventiva.

No âmbito deste caso, o presidente da Associação de Bares e Discotecas da Movida do Porto alertou o Governo que os empresários estão "muito preocupados" com esta morte na noite portuense e pedem mais policiamento nas ruas para aumentar a segurança.

Também, numa publicação no portal da autarquia na Internet, o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, recordou que "têm sido sucessivos os alertas a exigir mais policiamento nas ruas", reforçando "a necessidade de o Ministério da Administração Interna dar 'luz verde' à videovigilância" que autarquia pretende instalar na cidade.

Leia Também: Preventiva para agressor de estudante junto a discoteca no Porto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório