Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

"Não se entregou ao facilitismo". Obrigado a GNR por "ter ouvido e agido"

Cidadão agradeceu ao Guarda Manso, do Posto das Caldas das Taipas, "pela sua coragem de assumir a responsabilidade de um internamento de uma pessoa".

"Não se entregou ao facilitismo". Obrigado a GNR por "ter ouvido e agido"

"Obrigado ao Guarda Manso, do Posto das Caldas das Taipas, pela sua coragem de assumir a responsabilidade de um internamento de uma pessoa, conseguindo perceber o desequilíbrio mental e atuando em conformidade". É deste modo que começa um agradecimento enviado à Guarda Nacional Republicana (GNR), que os militares fizeram questão, esta quinta-feira, de partilhar nas redes sociais. 

E prossegue: "Mesmo que isso lhe tenha custado muitas horas da sua vida pessoal, não se entregou ao facilitismo e assumiu a responsabilidade e o trabalho. Obrigado por ter ouvido, por ter agido e por, muito provavelmente, ter contribuído para salvar vidas num futuro não muito distante". 

A mensagem deste cidadão, que em momento algum é identificado, termina com mais um 'obrigado' ao Guarda Manso. "Obrigado por se ter importado e não ter ficado indiferente e, por ter a capacidade de ver o caso para além daquilo que lhe estavam a contar", termina. 

No Facebook, a Guarda Nacional Republicana fez também questão de agradecer "o reconhecimento prestado". 

Leia Também: GNR resgata mulher perdida na Serra da Estrela. Eis as imagens

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório