Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

"Não há remodelação do Governo em resultado das eleições autárquicas"

Garantia dada por António Costa ao ser confrontado com o pior resultado do PS desde 2013.

"Não há remodelação do Governo em resultado das eleições autárquicas"

O primeiro-ministro António Costa reiterou, esta terça-feira, que não está prevista nenhuma remodelação no Governo, apesar dos resultados das eleições Autárquicas de domingo, em que o PS teve a pior contagem desde 2013.

"Pensei que essa questão sobre a remodelação tinha ficado esclarecida e ultrapassada em julho. Não está nenhuma remodelação prevista. A única remodelação que as eleições autárquicas trazem é a remodelação dos autarcas, uns porque já não se podiam recandidatar, outros porque os eleitores não renovaram a sua confiança. Essa é a única remodelação que foi feita e que resulta das eleições autárquicas. Não há remodelação do Governo em resultado das eleições autárquicas", garantiu, à saída da última reunião da Task Force da vacinação contra a Covid-19.

Minutos depois, no entanto, em resposta a questões dos jornalistas, António Costa foi interrogado se não poderia fazer "um refrescamento" do seu Executivo, ao que deixou uma resposta enigmática.

"Naturalmente, o outono vai começar a arrefecer o clima [...] O inverno arrefecerá um pouco mais o clima. E quando o tempo arrefece todos nos refrescamos. Mas, para já, concentremo-nos no que é essencial: no que me diz respeito, é no dia 11 de outubro ter de apresentar na Assembleia da República uma proposta de Orçamento do Estado para 2022", declarou.

Sobre as consequências que o resultado destas eleições pode ter para aprovação do Orçamento de Estado de 2022 (OE2022), Costa revelou que "até agora, nenhum dos parceiros estabeleceu qualquer relação entre eleições autárquicas e o processo orçamental", recusando qualquer cenário de crise política.

"Um Orçamento que sirva o país e o esforço de recuperação económica. É para isso que temos de trabalhar e vamos continuar a trabalhar", esclareceu, afastando também a possibilidade de o Executivo não chegar ao fim da legislatura.

"Temos obrigação, como disse o Presidente da República, não apenas de recuperar o país para o nível antes da pandemia, mas de ir mais além", atirou.

Leia Também: PS vence com pior resultado do que em 2013. PSD conquista 113 câmaras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório