Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Temos "passo muitíssimo importante" pela frente que depende "de cada um"

Governo decidiu esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, o levantamento, a partir de 1 de outubro, de algumas das medidas impostas durante a pandemia da Covid-19. Mas o primeiro-ministro lembra: "A pandemia não acabou" e depende agora "de cada um".

Temos "passo muitíssimo importante" pela frente que depende "de cada um"

Depois de ter apresentado tudo o que vai mudar (e se mantém) em Portugal a partir de 1 de outubro, António Costa publicou mensagens no Twitter onde apontou temos "um passo muitíssimo importante" pela frente. "Entramos numa fase que assenta, essencialmente, na responsabilidade individual de cada um", apontou ainda o primeiro-ministro. 

"A pandemia não acabou. Mesmo podendo considerá-la controlada com 85% da população vacinada, o risco permanece", escreveu também, apelando: "continuemos a fazer da responsabilidade individual a nossa maior proteção".

Neste "passo muitíssimo importante", prosseguiu, "a partir de 1 de outubro avançaremos do estado de contingência para o estado de alerta e permitiremos a reabertura de setores da sociedade que ainda estavam limitados".

E recordou: "Quando em julho anunciámos um calendário com três fases de retoma das atividades para os meses seguintes, já então anunciámos que em finais de setembro, inícios de outubro, com 85% da população vacinada com as duas doses, daríamos este passo".

De recordar que António Costa anunciou, esta quinta-feira o levantamento de um conjunto de medidas que ainda vigoram em Portugal devido à pandemia da Covid-19.

Na fase três do plano de desconfinamento, com efeitos a partir de 1 de outubro, "poderemos começar a permitir a reabertura de bares e discotecas com a exigência de Certificado Digital", apontou, acrescentando que os restaurantes passam a não ter limite máximo de pessoas por grupo.

As máscaras continuam a ser necessárias em diversas ocasiões, como nos transportes públicos, nos lares e nas superfícies comerciais.

Leia Também: Covid-19. Tudo o que muda (e o que se mantém) a partir de outubro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório