Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

PJ já identificou estrangeira que vandalizou Padrão dos Descobrimentos

Cidadã, que já praticou atos da mesma natureza noutros locais, ausentou-se, entretanto, de Portugal.

PJ já identificou estrangeira que vandalizou Padrão dos Descobrimentos

A Polícia Judiciária (PJ) já identificou a alegada autora do graffiti feito, este domingo, dia 8 de agosto, no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, os inspetores revelam que a suspeita é uma cidadã estrangeira, que já terá praticado atos da mesma natureza similar noutros locais e que, entretanto, se ausentou do território nacional.

A investigação, que está a cargo desta autoridade, prossegue assim com a adoção das medidas processuais adequadas à situação, considerada um "crime de dano qualificado".

Recorde-se que, no domingo, o Padrão dos Descobrimentos foi vandalizado com uma frase em inglês, com uma extensão de cerca de 20 metros.

Na mensagem lia-se, em inglês, "Blindly sailing for monney, humanity is drowning in a scarllet sea", o que, numa tradução livre, pode ser lido em português como "Velejando cegamente por dinheiro, a humanidade afunda-se num mar escarlate".

De acordo com o jornal Inevitável, a autora do ataque poderá ser uma parisiense chamada Leila Lakel, mas que assina como l.i.a.

Também no Twitter já vários internautas a partilhar um 'print' das redes sociais da francesa, onde esta terá partilhado uma imagem do graffiti, com a afirmação: "O trabalho está feito, adeus Lisboa".

Leia Também: Padrão dos Descobrimentos limpo. "A melhor resposta a quem vandaliza"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório