Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Detido pela GNR. Deixou à porta da vítima punhais com o seu nome

O suspeito foi detido no concelho da Lourinhã e está acusado do crime de violência doméstica.

Detido pela GNR. Deixou à porta da vítima punhais com o seu nome

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Lisboa deteve, no dia 26 de julho, um homem de 40 anos por violência doméstica, no concelho da Lourinhã.

A detenção ocorreu no âmbito de um investigação por violência doméstica, no âmbito da qual os militares apuraram que o suspeito exercia violência psicológica e física sobre a vítima, a sua ex-companheira de 35 anos, e para além disso ainda a perseguiu. 

Em nota enviada às redações, a autoridade indica que, não aceitando o fim do relacionamento e por a vítima ter iniciado uma nova relação, o suspeito "agravou os comportamentos violentos, colocando a vítima e o seu companheiro num clima de pânico". O acusado chegou mesmo a deixar à porta de casa da vítima "punhais com o seu nome inscrito na lâmina". 

O detido, após ter sido presente ao Tribunal Judicial da Lourinhã, ficou sujeito às medidas de coação de proibição de contactos por qualquer meio ou forma com a vítima, afastamento do local da residência e de trabalho da vítima, bem como dos locais que a mesma frequente, vigiado por pulseira eletrónica.

Leia Também: Encontrado com vida homem que estava desaparecido junto ao Mondego

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório