Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Festas ilegais e legais são "principais polos de difusão" da nova vaga

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que as festas ilegais e legais que são feitas um pouco por todo o país são os "principais polos de difusão" desta nova vaga da pandemia de covid-19.

Festas ilegais e legais são "principais polos de difusão" da nova vaga
Notícias ao Minuto

18:44 - 06/07/21 por Lusa

País Covid-19

clandestinas ou não clandestinas que se desenvolvem sem segurança e que estão a ser os principais polos de difusão desta nova vaga da pandemia", afirmou António Costa durante uma visita ao Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, em Gaia, no distrito do Porto.

Acompanhado da ministra da Saúde, Marta Temido, o chefe do executivo apelou à "responsabilidade individual" de cada cidadão, insistindo que só comportamentos responsáveis poderão evitar que as infeções cresçam como cresceram em janeiro e fevereiro.

António Costa apelou ao esforço daqueles que vão ser vacinados em "condições menos agradáveis nas próximas semanas" devido ao aumento do número de administrações de vacinas e à "disciplina" de usar máscara, desinfetar as mãos e manter a distância física.

Falando numa "luta contra o tempo" entre a capacidade do vírus se ir diferenciando e a capacidade que o país tem de assegurar a vacinação, o primeiro-ministro pediu "compreensão" aos cidadãos porque a vacinação não vai ser feita com a mesma "comodidade" de até então.

O líder do Governo frisou que vai ser feito um "enorme esforço de vacinação" nas próximas semanas, realçando que será uma "luta contrarrelógio" para garantir que todos os cidadãos fiquem melhor protegidos.

"Hoje estamos melhor preparados, mas isso não nos deve dar tranquilidade porque esta pandemia não acabou, infelizmente continua e vai continuar enquanto o vírus tiver capacidade para se ir diferenciando em múltiplas variantes", sublinhou.

Costa aproveitou ainda a visita às obras da nova maternidade do hospital de Vila Nova de Gaia, que deverão estar concluídas no final do ano, para vincar que o Governo está a fazer investimentos não só para enfrentar a atual pandemia, mas para o futuro e necessidades permanentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Estes investimentos por parte do Governo são prova de que "há vida para além da pandemia", usando o mesmo termo utilizado pelo Presidente da República na cerimónia de apresentação de cumprimentos da missão portuguesa aos Jogos Olímpicos Tóquio2020, que aconteceu na segunda-feira, em Lisboa.

"Este hospital está já a avançar com novas obras para ter pronta uma nova unidade de saúde maternoinfantil. Há mesmo mais vida para além de covid-19, tem mesmo de haver mais vida", reafirmou.

Depois da visita à empreitada em curso no centro hospitalar, António Costa foi inaugurar o Centro de Saúde da Madalena, igualmente em Vila Nova de Gaia, onde foi recebido por dezenas de populares que "agradeceram todo o esforço feito".

Além das pessoas e curiosos que o esperavam, Costa, que não falou aos jornalistas à margem, teve ainda tempo para cumprimentar crianças de uma escola ao lado da nova unidade de saúde que, à sua chegada, gritaram e chamaram insistentemente por si.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.987.613 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 184,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente feito pela agência France- Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.118 pessoas e foram registados 892.741 casos de infeção, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, a Índia ou a África do Sul.

Leia Também: Aceleração da vacinação é "um esforço que tem mesmo de ser bem sucedido"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório