Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Gaia prevê abrir terceiro centro de testes na modalidade "walk-thru"

A Câmara de Vila Nova de Gaia prevê abrir, até final do mês, um terceiro centro de testes à covid-19 na modalidade "walk-thru", possibilitando às pessoas aceder ao mesmo a pé e não de carro, anunciou hoje o vice-presidente.

Gaia prevê abrir terceiro centro de testes na modalidade "walk-thru"
Notícias ao Minuto

19:13 - 05/07/21 por Lusa

País Covid-19

Este novo centro, que funcionará em contentores, deverá ser instalado no cais de Gaia, sendo o Jardim do Morro e a Serra do Pilar "outras das possibilidades", disse Patrocínio Azevedo aos jornalistas, no final da reunião do executivo municipal.

A escolha destes locais prende-se com o facto de serem locais de grande afluência turística, explicou.

"O objetivo deste centro na modalidade "walk-thru", que é um modelo a pé e não de carro, é permitir às pessoas, nomeadamente aos turistas, poderem ir até lá a pé, enquanto passeiam, não necessitando de usar o carro", afirmou.

O autarca adiantou que o investimento da câmara neste equipamento é reduzido, assentando na disponibilização do espaço, apoio logístico e ponto de luz para ligação de equipamentos.

Esta proposta de criação de um terceiro centro de testes tem um mês, frisou, acrescentando que face ao atual aumento do número de infeções e disponibilização de testes gratuitos mensais às pessoas o funcionamento do mesmo tem de ser repensado.

Atualmente, Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, tem dois centros de rastreio à covid-19, um no Pavilhão Municipal da Lavandeira e outro no Espaço Mais Grijó, recordou Patrocínio Azevedo.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.980.935 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 183,7 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente feito pela agência France Presse.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.117 pessoas e foram registados 890.571 casos de infeção, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, a Índia ou a África do Sul.

Leia Também: Candidato do PSD a Gaia deve ser conhecido até fim da semana

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório